Crônica de Radzivill

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Crônica de Radzivill

Crônica de Radzivill, também referida como Crônica de Radziwiłł e Crônica de Conisberga, é um dos manuscritos em antigo eslavo oriental da biblioteca da Academia Russa de Ciências em São Petersburgo. Trata-se de cópia do século XV de um original do século XIII. Seu nome deriva dos príncipes Radzivill, do Grão Ducado da Lituânia (posteriormente a Comunidade Polaco-Lituana), que os guardavam no Castelo de Nesvizh (Nieśwież) nos séculos XVII e XVIII.

Esta obra monumental conta a história da Rússia de Quieve e de seus vizinhos do século V até o início do XIII de forma pictorial, representando eventos descritos no manuscrito com mais 600 ilustrações coloridas. Entre os manuscritos eslavos orientais, o a Crônica de Radzivill se distingue pela riqueza e pela quantidade de ilustrações.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Crônica de Radzivill