Crank 2: High Voltage

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Crank 2: High Voltage
Crank 2: Alta Voltagem (PT)
Adrenalina 2: Alta Voltagem (BR)
Pôster de divulgação
 Estados Unidos
2009 •  cor •  95 min 
Direção Mark Neveldine
Brian Taylor
Produção Gary Lucchesi
Tom Rosenberg
Skip Williamson
Richard Wright
Roteiro Mark Neveldine
Brian Taylor
Elenco Jason Statham
Amy Smart
Clifton Collins Jr.
Efren Ramirez
Geri Halliwell
Gênero Ação
Comédia
Idioma Inglês
Orçamento US$ 20 milhões
Receita US$ 34.560.577[1]
Cronologia
Adrenalina
(2006)
Página no IMDb (em inglês)

Crank 2: High Voltage"" (Adrenalina 2: Alta Voltagem (título no Brasil) ou Crank 2: Alta Voltagem (título em Portugal)) é um filme norte-americano, continuação de Crank, lançado no ano 2009.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Chev Chelios (Jason Statham) terá de se manter vivo através de descargas elétricas. Após cair de um helicóptero no primeiro filme, o seu coração foi roubado e implantado num mafioso chinês conhecido como Poon Dong (David Carradine). Enquanto isso, Chelios mantém-se vivo através de um coração artificial movido a energia elétrica. Agora, ele procurará vingar-se dos que lhe fizeram isto, a fim de reaver seu coração.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Jason Statham como Chev Chelios: Um assassino profissional e o personagem principal do filme. Depois de cair de um helicóptero e sobreviver, Chev tem seu coração roubado e fará de tudo para tê-lo de volta.
    • Billy Unger como Chev Chelios (aos 10 anos): Nos flashback de sua infância.
  • Amy Smart como Eve: A namorada de Chev e agora uma prostituta.
  • Clifton Collins Jr. como El hurán (A fuinha): Um líder da mafia mexicana que busca vingança contra Chev pela morte de seus dois irmãos.
  • Efren Ramirez como Venus: Um travesti de Hollywood e o irmão de Kaylo.
  • Geri Halliwell como Karen Chelios: A mãe de Chev em seus flashbacks de infância.
  • Corey Haim como Randy: Um ficante de Eve, a quem ele acredita se chamar Lemon.
  • Dwight Yoakam como Doc Miles: O médico da máfia de Los Angeles, que tenta ajudar Chev a recuperar seu coração.
  • Bai Ling como Ria: Uma prostituta que Chev encontra em sua jornada.
  • Joseph Julian Soria como Chico: Um mafioso mexicano que é o membro principal da máfia de El Huron.
  • Holly Weber como Goldie:
  • Reno Wilson como Orlando
  • Art Hsu como Johnny Vang: Um mafioso das Tríades que leva o coração de Chev até Poon Dong.
  • David Carradine como Poon Dong: Um líder das Tríades que está correndo risco de morte. Ele escolheu o coração de Chev para substituir o seu.
  • Jenna Haze como ela mesma
  • Ron Jeremy como ele mesmo

Recepção[editar | editar código-fonte]

Crank 2: High Voltage teve recepção mista por parte da crítica especializada. Com base em 15 avaliações profissionais alcançou uma pontuação de 41 em 100 no Metacritic. Em avaliações mistas, do ReelViews, James Berardinelli disse: "Crank 2: High Voltage é o show com ato anormal em um carnaval. É tão além do extremo que a frase deixa de ter significado neste contexto. É uma mistura bizarra de testosterona, adrenalina e psicodélicos. Ela procura não só chegar ao topo de seu antecessor, "Crank", mas superar-se a cada passo."

Do Empire, Helen O'Hara: "A prova de que você pode fazer bons filmes baseados em jogos de vídeo, contanto que você não se incomode de fazer um jogo de vídeo pela primeira vez. Um vigor para Crank 3D. "

Los Angeles Times, Sam Adams: "O filme prospera em absurdo e indignação, calculando que em algum momento você vai ceder a suas energias gonzo e ir junto para o passeio."

The Hollywood Reporter, Frank Scheck: "Segue a mesma fórmula como o primeiro, com uma diferença: Eles conseguiram ultrapassar até a ação e vulgaridade além das alturas insanas do original."

Premiere, Rob Calvertk: "Se você tem uma propensão para a doença de movimento, seria melhor ficar longe. Este filme é Tarantino em velocidade, e sem foco e estilo. É na sua cara e com orgulhoso dele, sem nenhum pedido de desculpas."[2]

Com índice de 63%, o Rotten Tomatoes publicou um consenso: "Crank: High Voltage proporciona as suas promessas: um ritmo acelerado, passeio de emoção emocionante que não se leva muito a sério".[3]

Sequência[editar | editar código-fonte]

Em uma entrevista, quando perguntado acerca de um terceiro filme, a atriz Amy Smart disse: "É uma possibilidade", mas nenhum indício real dos escritores tem sido feito.[4] Também em uma entrevista com Amy Smart após o lançamento de Crank: High Voltage, ela mencionou que Crank 3 possa ser feito em 3D, mas neste caso, não seria liberado até 2011.[5]

Referências

  1. «Crank: High Voltage (2009)» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 4 de maio de 2015 
  2. «Crank: High Voltage» (em inglês). Metacritic. Consultado em 4 de maio de 2015 
  3. «Crank 2: High Voltage» (em inglês). Rotten Tomatoes. Consultado em 26 de março de 2014 
  4. «Amy Smart Talks Crank 3 Possibilities». io9. Consultado em 14 de abril de 2009 
  5. «Crank 3 Coming At You In Three Dimensions». Cinema Blend. Consultado em 16 de março de 2009