Craugastoridae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaCraugastoridae[1]
Craugastor fitzingeri

Craugastor fitzingeri
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Amphibia
Ordem: Anura
Família: Craugastoridae
Hedges, Duellman & Heinicke, 2008
Subfamílias e gêneros
ver texto
Sinónimos
  • Strabomantidae Hedges, Duellman & Heinicke, 2008

Craugastoridae é uma família de anfíbios da ordem Anura. Ocorre na América do sul dos Estados Unidos (Arizona e Texas) ao sul até a Argentina e Brasil. Tradicionalmente os gêneros estavam classificados na família Leptodactylidae, entretanto, análises moleculares demonstraram que os gêneros formavam dois clados distintos, sendo então classificados em duas novas famílias, Craugastoridae e Strabomantidae.[2] Em 2011, uma análise com um maior número de amostras demonstrou que a Craugastoridae sensu Hedges et al. estava inserida na Strabomantidae. As duas famílias foram fundidas numa só, a Craugastoridae.[3] Em 2012, uma análise sugeriu que Craugastoridae sensu Hedges et al. era monofilética, contrastando com os resultados obtidos por Pyron e Wiens em 2011.[4] Em 2014, Padial e colaboradores reformularam a sistemática da família, considerando Strabomantidae como sinônimo de Craugastoridae, reduzindo Ceuthomantidae a subfamília de Craugastoridae e excluindo os gêneros Atopophrynus e Geobatrachus.[5]

A família está dividida em três subfamílias, e ainda contém uma espécie de posicionamento incerto, "Eleutherodactylus" bilineatus:[1]

  • Subfamília Ceuthomantinae Heinicke, Duellman, Trueb, Means, MacCulloch & Hedges, 2009
  • Subfamília Craugastorinae Hedges, Duellman & Heinicke, 2008
  • Subfamília Holoadeninae Hedges, Duellman & Heinicke, 2008

Referências

  1. a b Frost, D.R. «Craugastoridae». Amphibian Species of the World: an Online Reference. Version 6.0. American Museum of Natural History, New York, USA. Consultado em 19 de junho de 2015 
  2. Hedges, S.B.; Duellman, W.E.; Heinicke, M.P (2008). «New World direct-developing frogs (Anura: Terrarana): Molecular phylogeny, classification, biogeography, and conservation». Zootaxa. 1737: 1–182 
  3. Pyron, R.A.; Wiens, J.J. (2011). «A large-scale phylogeny of Amphibia including over 2800 species, and a revised classification of advanced frogs, salamanders, and caecilians». Molecular Phylogenetics and Evolution. 61 (2): 543-583. doi:10.1016/j.ympev.2011.06.012 
  4. Fouquet, A.; Loebmann, D.; Castroviejo-Fisher, S.; Padial, J.M.; Orrico, V.G.D.; Lyra, M.L.; Roberto, I.J.; Kok, P.J.R.; Haddad, C.F.B; Rodrigues, M.T. (2012). «From Amazonia to the Atlantic forest: Molecular phylogeny of Phyzelaphryninae frogs reveals unexpected diversity and a striking biogeographic pattern emphasizing conservation challenges». Molecular Phylogenetics and Evolution. 65 (2): 547–561. doi:10.1016/j.ympev.2012.07.012 
  5. Padial, J.M.; Grant, T.; Frost, D.R. (2014). «Molecular systematics of terraranas (Anura: Brachycephaloidea) with an assessment of the effects of alignment and optimality criteria». Zootaxa. 3825: 1–132. doi:10.11646/zootaxa825.1.1 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Craugastoridae
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Craugastoridae