Criança de rua

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Menino de rua afegão no centro de Cabul, Afeganistão.

Criança de rua é um termo para crianças vítimas sem-teto que vivem nas ruas de uma cidade, vila ou aldeia. A definição de crianças de rua é contestada, mas muitos profissionais e decisores políticos utilizam conceito da UNICEF, que determina que pessoas com idade inferior a 18 anos, para quem "a rua" (incluindo habitações desocupadas) tornou-se casa e/ou sua fonte de sustento e que estão inadequadamente protegidas ou supervisionadas.[1]

Algumas crianças de rua, nomeadamente em países mais desenvolvidos, são parte de uma subcategoria de crianças que foram expulsas de casa. Estas crianças são mais susceptíveis de vir de lares monoparentais. Os jovens de rua estão frequentemente sujeitos a abuso, negligência, exploração ou, em casos extremos, morte por "esquadrões de limpeza" que foram contratados por empresas locais ou polícia.[2]

No Brasil, Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República realizou uma pesquisa em 75 cidades cidades do país e constatou que cerca de 24 mil meninos e meninas vivem em situação de rua, sendo que os principais motivos para viverem nessa situação: discussão com pais e irmãos (32,3%); violência doméstica (30,6%) e uso de álcool e drogas (30,4%).[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Sarah Thomas de Benitez (23 de fevereiro de 2009). «State of the World's Street Children: Violence Report» (PDF). SlideShare. SlideShare Inc. Consultado em 30 de novembro de 2012. 
  2. Evgenia Berezina (1997). «Victimization and Abuse of Street Children Worldwide» (PDF). Youth Advocate Program International Resource Paper. Yapi. Consultado em 30 de novembro de 2012. 
  3. EBC, : (1 de agosto de 2012). «Brasil tem 24 mil crianças e adolescentes em situação de rua». Consultado em 25 de março de 2016. 
Ícone de esboço Este artigo sobre sociologia ou um sociólogo é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.