Crime Delicado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Crime Delicado
 Brasil
2005 •  cor •  87 min 
Direção Beto Brant
Roteiro Beto Brant
Marçal Aquino
Elenco Lilian Taublib
Marco Ricca
Felipe Ehrenberg
Maria Manoella
Matheus Nachtergaele
Cláudio Assis
Gênero drama
Lançamento 27 de janeiro de 2006[1]
Idioma Português
Página no IMDb (em inglês)

Crime Delicado é um filme brasileiro de 2005, baseado no livro Um Crime Delicado de Sérgio Sant'Anna e dirigido por Beto Brant.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Conta a história de Antônio, um crítico teatral, que tem sua vida desestabilizada após conhecer Inês, uma atraente mulher, em um bar. Inês é uma mulher desinibida e atraente, que não se encaixa no modelo racional que Antônio prega para si. Ela tem um relacionamento com José Torres Campana, um pintor mais velho, que a usa como musa de seus quadros. Mas o fascínio que Inês sente por Campana faz com que Antônio sinta cada vez mais ciúmes do relacionamento existente entre eles.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • O filme marca a estreia da atriz Lilian Taublib, que é a protagonista e interpreta uma deficiente física e é, ela mesma, uma deficiente, o que, segundo o diretor, deu autenticidade às cenas.
  • Cláudio Assis, que atua neste filme, é o diretor de Amarelo Manga.

Referências

  1. «Beto Brant filma o mundo da arte em "Crime Delicado"». Uol Cinema. 26 de janeiro de 2006. Consultado em 26 de setembro de 2016 
Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.