Criminal Minds

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou seção é sobre uma série televisiva em exibição.
A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. (Editado pela última vez em 27 de maio de 2018.)
TV Future Icon.svg
Criminal Minds
Mentes Criminosas (PT)
Criminal Minds / Mentes Criminosas (Globo) (BR)
Informação geral
Formato Série
Duração 42 minutos
Criador(es) Jeff Davis
País de origem  Estados Unidos
Idioma original Inglês
Produção
Produtor(es) ABC Studios
CBS Television Studios
The Mark Gordon Company
ABC Studios
Paramount Television
Elenco Joe Mantegna
Paget Brewster
Matthew Gray Gubler
A. J. Cook
Kirsten Vangsness
Aisha Tyler
Adam Rodriguez

Mandy Patinkin
Thomas Gibson
Lola Glaudini
Shemar Moore
Rachel Nichols
Jeanne Tripplehorn
Jennifer Love-Hewitt

Exibição
Emissora de televisão original CBS
Transmissão original 22 de Setembro de 2005 – Presente
N.º de temporadas 14
N.º de episódios 299

Criminal Minds (Criminal Minds e Mentes Criminosas na Rede Globo BRA ou Mentes Criminosas POR) é uma série de televisão dramática e policial americana sobre a BAU (Behavioral Analysis Unit) ou UAC (Unidade de Análise Comportamental), uma esquadra de elite do FBI, com sede em Quantico, Virgínia. A equipe analisa criminosos do país por meio do Modus Operandi e a Vitimologia dos mesmos e antecipa seus próximos movimentos antes de eles agirem outra vez. Neste quesito, a série difere-se de outros dramas policias por focar mais no comportamento criminal do suspeito e elaboração de seu perfil (como profiler) do que o crime em si. A série é produzida pela Mark Gordon Company em associação com a CBS Television Studios e ABC Studios. O título original de Criminal Minds era Quantico, e o episódio Piloto fora filmado em Vancouver. No roteiro de Quantico, Jason Gideon chamava-se Jason Donovan.

Dois spin-offs foram produzidos, um chamado Criminal Minds: Suspect Behavior, que contou com Forest Whitaker no papel principal, mas o projeto não vingou e foi cancelado. Contudo, um novo spin-off foi lançado no início de 2016, Criminal Minds: Beyond Borders, e foi estrelado por Gary Sinise, Tyler James Williams e Daniel Henney; a atriz Anna Gunn esteve no piloto, mas segundo fontes, não está no elenco da série.

Em 12 de maio de 2018, a CBS renovou a série para sua 14ª temporada, a estrear no segundo semestre de 2018.[1]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Quando não há outras pistas para um caso em série, o FBI logo pede ajuda para a Unidade de Análise Comportamental (UAC - ou BAU, em inglês) Quântico. Enquanto detetives comuns estudam as evidências de um crime, a unidade analisa o comportamento do criminoso para chegar a uma lista de suspeitos. Eles investigam o crime de dentro para fora — sem examinar as evidências no laboratório; ao invés disso, eles estudam o comportamento dos criminosos nas cenas dos crimes ou onde eles vivem ou trabalham, para descobrirem o que eles pensam.

Cada membro da equipe une suas especialidades únicas enquanto eles apontam as motivações dos predadores e identificam seus gatilhos emocionais na tentativa de impedi-los.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Quando estreou em 2005, contou com os agentes do FBI Aaron "Hotch"/"Hotchner", Jason "Gideon", Derek "Morgan", Elle "Greenaway", "Dr." Spencer "Reid", Jennifer "J.J." Jareau e Penelope "Garcia". No início da segunda temporada, Greenaway pede demissão da UAC após levar um tiro de Randall Garner (Fisher King) e ficar afetada com um caso de um estuprador, a ponto de matá-lo a sangue frio e mentir alegando legítima defesa. Ela então é substituída por Emily "Prentiss", filha de uma embaixadora, bem educada e fluente em árabe, espanhol, francês, italiano, russo e grego (além do inglês), característica que foi aproveitada em diversas situações. Em um caso num dos episódios, Reid é sequestrado e torturado por um suspeito com múltiplas personalidades. O suspeito droga Reid com Dilaudid, fazendo-o ficar dependente do remédio, fato que repercute pelo restante da temporada, até que Reid decide buscar tratamento para sua dependência.

No início da terceira temporada, Gideon sai da UAC ao perder a fé em suas habilidades, quando sua decisão de libertar Frank "Breitkopf", um serial killer, resultou na morte de sua mulher e de uma jovem, e ainda provocou a suspensão de Hotch. Gideon abandonou sua arma e distintivo, tendo deixado uma carta para Reid, a quem mais considerava entre todos, contando que ele iria procurar recuperar a crença em finais felizes. David "Rossi", um autor de best sellers, fundador da UAC e agente aposentado do FBI entra nesta temporada para substituir Gideon. "J.J." revela que entrou para o FBI depois de assistir à uma palestra dele e ler seus livros.

Na quarta temporada, "J.J." entra de licença maternidade, sendo substituída temporariamente por Jordan "Todd" , uma agente do FBI que trabalha na Unidade de Combate ao Terrorismo. "J.J." dá à luz à Henry, e escolhe Reid e Garcia como padrinhos. Mais tarde, aparece George "Foyet", um serial killer que faz muitas vítimas e persegue Hotch.

Na quinta temporada, Foyet, ainda perseguindo Hotch, acaba por matar sua ex-mulher Haley, por quem Hotch ainda era apaixonado, sendo morto por ele logo em seguida.

Na sexta temporada, "J.J." é forçada a aceitar uma promoção no Pentágono, fazendo-a sair da UAC. Garcia torna-se o novo contato da polícia e ligação com a mídia. Ashley "Seaver", uma cadete do FBI e filha de um serial killer, entra para a equipe. Mais tarde, Prentiss é aparentemente morta por Ian "Doyle", um antigo inimigo seu que escapou da prisão. No entanto ela sobrevive, mas através de um plano de Hotch e "J.J." finge sua morte para o restante da equipe, a fim de se proteger de Doyle que ainda estava solto. No fim da temporada "J.J." retorna a UAC.

No começo da sétima temporada, após Doyle reaparecer, Prentiss volta para prendê-lo, surpreendendo a todos, principalmente Reid, que briga com "J.J." por ter escondido dele que ela estava viva, uma vez que ele sofreu com sua aparente morte, chegando até mesmo a pensar em voltar a tomar Dilaudid. Ao final da temporada, ela recebe uma oferta para comandar um escritório da Interpol em Londres e decide sair da UAC.

Na oitava temporada, Prentiss é substituída por Alex "Blake", uma professora, doutora, especialista em linguística. Durante os episódios, os agentes descobrem que estão sendo perseguidos por um suspeito inteligente, conhecido como "Replicator", que sabe tudo sobre eles e tem um plano mirabolante para derrotá-los e derrubar a UAC. No fim, é revelado que o suspeito é John "Curtis", um agente do FBI que quer se vingar do rebaixamento que levou da agência, depois de uma falha em uma missão. Durante os acontecimentos, ele mata a chefe Erin "Strauss", mas acaba morto em uma armadilha de Rossi.

Na nona temporada é revelado que, na verdade, a transferência de "J.J." era um desculpa para colocá-la em uma força tarefa no Oriente Médio, no Afeganistão, em busca de Bin Laden, junto com Mateo "Cruz" (que mais tarde torna-se o chefe de seção da UAC após a morte de Strauss). Durante este tempo, ela descobre que está grávida, mas após uma traição de um dos informantes que resulta em um ataque a seu comboio, ela perde o bebê. O traidor da missão retorna e a sequestra junto a Cruz, a fim de obter informações sobre os agentes da missão. A equipe, junto de Prentiss, que retorna para ajudá-los a achar "J.J.", consegue resgatá-los. No fim da temporada, em um dos casos, ocorre um tiroteio, e Reid, para salvar Blake, leva um tiro no pescoço e fica em estado grave; ela decide então sair da UAC, depois de ficar muito abalada com o estado em que Reid ficou. Ela revela ainda que tinha um filho que morreu de uma doença não identificada, fato que a pertubou profundamente devido à coincidência de ser ela uma linguista e não saber o nome do que matou seu filho.

Blake então é substituída na décima temporada por Kate "Callahan", uma agente que trabalha disfarçada em missões do FBI. Ela tem uma sobrinha adotada da irmã que morreu com o marido no 11 de setembro. No meio da temporada, "J.J." começa a mostrar sinais de Transtorno de Estresse Pós-Traumático, resultado do sequestro e tortura que sofreu. Reid percebe e tenta ajudá-la, sem resultado. É ainda revelado na temporada que Gideon foi morto à tiros por Donnie "Mallick", um serial killer que ele descobriu estar relacionado a um crime que por ele investigado em 1978. Mais tarde também aparece "Mr. Scratch", um serial killer que quase mata Hotch. No fim da temporada, a sobrinha de Callahan é sequestrada por uma organização de tráfico de pessoas, que sequestra mulheres para vendê-las à serial killers. A equipe consegue salvá-la, mas Callahan, depois de descobrir que está grávida, e ainda abalada pelo caso da sobrinha, decide se afastar por tempo indeterminado da UAC. "J.J." também descobre que está grávida.

No início da décima primeira temporada, "J.J." de licença maternidade novamente, é substituída pela Drª. Tara "Lewis", uma psicóloga forense que usa suas habilidade para extrair informações que ajudem na resolução dos casos. É descoberto ainda através Giuseppe "Montolo", um criminoso preso por Morgan, uma organização de assassinos de aluguel que estão atrás de algumas pessoas conhecidas como os "Doze Sujos", entre elas Garcia. Reid, que estava passando um tempo com sua mãe, retorna, passa a ser peça fundamental no caso e consegue acabar com a organização; no meio da situação é revelado que sua mãe descobriu ter o Mal de Alzheimer, e as chances de ele também desenvolver a doença futuramente são grandes, fato que o abala. Mais à frente na temporada, Morgan é sequestrado e torturado, sem motivo aparente, mas quando sua mulher, Savannah, que está grávida é baleada, ele descobre tudo ter sido planejado por Chaz Montolo, pai de Giuseppe Montolo, que se vinga de Morgan pela morte do filho na prisão. Savannah e o bebê de Morgan se recuperam, mas ele decide sair da UAC, com receio de que algo semelhante possa ocorrer novamente caso ele continue ali. Ele dá o nome de Reid e de seu pai para o filho, como homenagens. No fim da temporada, como resultado de um plano armado por Mr. Scratch, Hotch é preso, e logo após a equipe descobre ser tudo parte de um plano maior: o de fuga de presos perigosos, em especial serial killers. Eles conseguem evitar uma fuga em massa, mas treze presos conseguem fugir, entre eles Mr. Scratch.

A décima segunda temporada se desenvolverá a partir da perseguição e prisão dos presos fugitivos da temporada passada. A equipe contará com a ajuda de Luke "Alvez", um agente que faz parte da Força Tarefa de Fugitivos do FBI, e de Emily Prentiss, que retornará a UAC.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Spin Off's[editar | editar código-fonte]

Criminal Minds Suspect Behavior

Foi o primeiro Spin-Off da série, cancelado após não ser bem aceito pelo público, pelo fato de demitir alguns dos autores da série original. Contou com Forest Whitaker e Kirsten Vangsness no elenco.

Criminal Minds: Beyond Borders

O segundo Spin-off da série contará com Gary Sinise como Jack Garrett, e Tyler James Williams como Monty. Foi confirmado pela CBS em 8 de maio de 2015, com previsão de estréia após o hiatus de fim de ano, ou seja, no início de 2016. Não teve sua terceira temporada confirmada.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.
Temporada Personagens Principais
Chefe do departamento UAC Chefe da Unidade Agentes Especiais Analista Técnica
1 Aaron Hotchner
(Thomas Gibson)
Jason Gideon
(Mandy Patinkin)
Derek Morgan
(Shemar Moore)
Dr. Spencer Reid
(Matthew Gray Gubler)
Jennifer Jareau
(A.J. Cook)
(A partir do 2º episódio)
Elle Greenaway

(Lola Glaudini)

Penelope Garcia

(Kirsten Vangsness)

2 Erin Strauss

(Jayne Atkinson)
(Apenas no último episódio)

Jennifer Jareau
(A.J. Cook)
Elle Greenaway

(Lola Glaudini)
(Até o 6º episódio)

Emily Prentiss
(Paget Brewster)
(A partir do 9º episódio)

3 Erin Strauss

(Jayne Atkinson)

Jason Gideon
(Mandy Patinkin)
(Até o 2º episódio)


David Rossi
(Joe Mantegna)
(A partir do 6º episódio)

Emily Prentiss
(Paget Brewster)
4 David Rossi

(Joe Mantegna)

5 Erin Strauss

(Jayne Atkinson)

6 Jennifer Jareau
(A.J. Cook)
(Somente nos episódios 1, 2, 18 e 24)
Emily Prentiss
(Paget Brewster)
(Até o 18º episódio)
7 Jennifer Jareau
(A.J. Cook)
Emily Prentiss
(Paget Brewster)
8 Alex Blake

(Jeanne Tripplehorn)

9 Mateo Cruz

(Esai Morales)

10 Kate Callahan

(Jennifer Love Hewitt)

11 Dr. Tara Lewis

(Aisha Tyler)

12 Aaron Hotchner

(Thomas Gibson)

(Episódios 1 e 2)

Emily Prentiss

(Paget Brewster)

(A partir do 3º episódio)

Luke Alvez

(Adam

Rodriguez)

13 Emily Prentis

(Paget Brewster)

Luke Alvez

(Adam Rodrigues) &

Matt Simmons

(Daniel Henney)

14
  • Aaron "Hotch"/"Hotchner" (Thomas Gibson), Chefe de Unidade e Agente Senior Especial Supervisor (temporadas 1-12) - Hotchner é um ex-promotor e foi originalmente designado para o escritório do FBI em Seattle. Ele é um dos agentes mais experientes do BAU (Behavioral Analysis Unit) e se esforça para equilibrar as demandas de seu trabalho com a sua vida familiar, mas sua esposa Haley Brooks (Meredith Monroe) pede divórcio na terceira temporada. No episódio "100" (temporada 5), Haley é morta por um fugitivo serial killer George "Foyet" (C. Thomas Howell), também conhecido como "The Boston Reaper", com quem Hotchner luta e termina por o matar. Ele também tem um filho chamado Jack (Cade Owens) e um irmão chamado Sean. Depois que Haley é assassinada, ele tem a custódia de Jack, e sua cunhada, Jessica Brooks (Molly Baker) o ajuda a cuidar do menino. "Hotch" é visto pela última vez no segundo episódio da 12ª temporada.
  • Jason "Gideon" (Mandy Patinkin), Agente Sênior Especial Fiscal e ex-Chefe da Unidade BAU (temporadas 1-3) - Gideon é amplamente conhecido como o melhor profiler do BAU. Após uma série de casos emocionalmente perturbadores e pelo assassinato de sua amiga Sarah pelo fugitivo serial killer Frank (Keith Carradine), ele começa a se sentir esgotado. A gota d'água ocorre quando o chefe da Unidade "Hotchner" é suspenso por duas semanas, fato pelo qual Gideon se sente responsável. Ele se retira para sua cabana e deixa uma carta para o Dr. Spencer "Reid", que ele sabe que vai ser o único a procurar por ele. Quando Reid chega na cabana, ela está vazia, exceto pela carta, credenciais e arma de Jason. Na décima temporada, ele é morto (fora da tela) por um suspeito que ele havia rastreado em um de seus primeiros casos.
  • Elle "Greenaway" (Lola Glaudini), Agente Especial Supervisora (temporadas 1-2) - Greenaway fazia parte do escritório do FBI em Seattle e ingressa ao BAU como uma perita em crimes sexuais. Ela sofre trauma emocional extremo após ser baleada por um suspeito no último episódio da primeira temporada ("The King Fisher (Part 1)"). Na segunda temporada estreia ("The King Fisher (Part 2)"), quando sobrevive e retorna ao dever mais cedo do que Gideon e Hotchner gostariam. Vários episódios mais tarde, ela mata um suspeito a sangue-frio. A polícia local considera como legítima defesa, mas Hotchner questiona sua capacidade como uma profiler depois disso; ela renuncia, entrega seu distintivo e arma, declarando que "não é uma admissão de culpa."
  • Meta Golding interpretou Jordan "Todd" nos episódios 5 e de 7 a 13 da 4ª Temporada como uma reposição temporária enquanto "J.J." estava de licença maternidade. No episódio "Normal", Todd questionou se havia causado a morte da família do suspeito devido a uma coletiva de imprensa que a mesma fez, e mesmo após o SSA David "Rossi" explicar que a família já estava morta antes deles entrarem no caso, ela afirma que não aguenta a pressão de trabalhar na UAC e, por isso, no final do episódio "Bloodline", ela volta para a Divisão de Combate ao Terrorismo.
  • Ashley "Seaver", interpretada por Rachel Nichols na 6ª temporada durante os episódios 10-12 como personagem recorrente e como personagem principal do 15º para frente. Em algum momento entre o episódio "Supply and Demand" e o episódio "It Takes a Village" (Primeiro da 7ª temporada), Seaver vai para a equipe de Andi "Swann" para trabalhar na força-tarefa de tráfico doméstico.
  • Erin "Strauss" e Mateo "Cruz" aparecem e são mencionados ocasionalmente nos episódios, mas são considerados principais por possuírem um cargo superior ao de Hotchner.
  • Na tabela abaixo, é possível visualizar os personagens principais e recorrentes de cada temporada.
Personagem Ator(a) Cargo Temporada
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14
Jason Gideon Mandy Patinkin Agente Especial Supervisor Sênior Principal
Aaron Hotchner Thomas Gibson Chefe da Unidade / Agente Especial Supervisor Sênior Principal
Elle Greenaway Lola Glaudini Agente Especial Supervisora / Perita em Crimes sexuais Principal
Derek Morgan Shemar Moore Agente Especial Supervisor / Chefe da Unidade por tempo limitado Principal
Dr. Spencer Reid Matthew Gray Gubler Agente Especial Supervisor Principal
Jennifer Jareau A. J. Cook Especialista em Comunicações / Agente Especial Supervisora Principal Convidada Principal
Penelope Garcia Kirsten Vangsness Técnica Analista / Especialista em Comunicações por tempo limitado Recorrente Principal
Emily Prentiss Paget Brewster Agente Especial Supervisora / Chefe da unidade Principal Convidada Convidada Principal
David Rossi Joe Mantegna Agente Especial Supervisor Sênior Principal
Ashley Seaver Rachel Nichols Cadete do FBI Principal
Alex Blake Jeanne Tripplehorn Especialista em Linguística do FBI / Agente Especial Supervisora Principal
Kate Callahan Jennifer Love Hewitt Agente Secreta / Agente Especial Supervisora Principal
Dr. Tara Lewis Aisha Tyler Psicóloga forense / Agente Especial Supervisora Convidada Principal
Lucas Alvez Adam Rodriguez Agente de Força tarefa de fugitivos / Agente Especial Supervisor Principal
Matt Simmons Daniel Henney Agente Especial Supervisor (Transferido da Equipe de Resposta Internacional - Criminal Minds Beyond Borders) Principal

Episódios[editar | editar código-fonte]

Temporada Episódios Exibição OriginalEstados Unidos
Estreia Fim
1
22 22 de setembro de 2005 10 de maio de 2006 (2006-05-10)
2
23 20 de setembro de 2006 (2006-09-20) 15 de Maio de 2007
3
20 26 de setembro de 2007 (2007-09-26) 21 de Maio de 2008
4
26 24 de setembro de 2008 (2008-09-24) 20 de Maio de 2009
5
23 23 de setembro de 2009 (2009-09-23) 26 de Maio de 2010
6
24 22 de setembro de 2010 (2010-09-22) 18 de Maio de 2011
7
24 21 de setembro de 2011 (2011-09-21) 16 de Maio de 2012
8
24 26 de setembro de 2012 (2012-09-26) 22 de Maio de 2013
9
24 25 de setembro de 2013 (2013-09-25) 14 de Maio de 2014
10
23 1 de outubro de 2014 (2014-10-01) 6 de Maio de 2015
11
22 30 de setembro de 2015 (2015-09-30) 4 de Maio de 2016
12
22 28 de setembro de 2016 (2016-09-28) 10 de Maio de 2017
13 22 27 de setembro de 2017 18 de abril de 2018
14 - - -

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Em sua 1ª temporada, Criminal Minds teve recepção mista por parte da crítica especializada. Com base de 21 avaliações profissionais, alcançou uma pontuação de 42% no Metacritic. Por votos dos usuários do site, atinge uma nota de 8.2, usada para avaliar a recepção do público.[2]

Referências

  1. Mitovich, Matt Webb (12 de maio de 2018). «Criminal Minds Renewed for Season 14». TVLine (em inglês) 
  2. «Criminal Minds» (em inglês). Metacritic. Consultado em 17 de setembro de 2014. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]