Crioulo das Ilhas Virgens

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Crioulo das Ilhas Virgens
Falado em: Ilhas Virgens Britânicas, Ilhas Virgens Estadunidenses, Ilhas Virgens Porto-riquenhas, Países Baixos Caribenhos (Saba e Santo Eustáquio) e diáspora
Total de falantes: 76.500 (citado 1980-2011)
Família: Crioulo de base inglesa
 Atlântico
  Leste
   Sul
    Crioulo das Ilhas Virgens
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ---

O crioulo das Ilhas Virgens, ou crioulo inglês das Ilhas Virgens, é uma língua crioula com base no inglês falada nas Ilhas Virgens e nas vizinhas ilhas dos Países Baixos Caribenhos de Saba e Santo Eustáquio, onde tem sido conhecido como crioulo inglês das Antilhas Neerlandesas.[1]

O termo "crioulo das Ilhas Virgens" é a terminologia oficial usada pelos estudiosos e acadêmicos, e raramente é usado na linguagem corrente. Informalmente, o crioulo é conhecido como dialeto, como o crioulo é muitas vezes percebido pelos moradores como uma variedade dialetal do inglês, em vez de uma língua crioula inglesas.[2] No entanto, historicamente acadêmico e de pesquisa linguística sugere que é, de fato, uma língua crioula de base inglesa.[3]

Variedades[editar | editar código-fonte]

Hoje, o crioulo é nativo das Ilhas Virgens (britânicas e estadunidenses) e nas vizinhas ilhas dos Países Baixos Caribenhos de Saba e Santo Eustáquio. Apesar de não ser chamado pelo mesmo nome, as variedades das Ilhas Virgens e SSS são consideradas pelos linguistas como o mesmo crioulo.

Há pequenas variações de ilha para ilha. O crioulo falado em Santa Cruz é o mais distinto, compartilhando muitas semelhanças com os crioulos ingleses de Belize e do Panamá. Este é, talvez, devido à migração de Santa Cruz para o Panamá durante a construção do Canal do Panamá. O crioulo das ilhas SSS é um pouco mais parecido com o das Ilhas Virgens Britânicas do que o das Ilhas Virgens Estadunidenses. O crioulo de São Tomás e São João compartilham similaridades distintas, tanto com as variantes de Santa Cruz e Ilhas Virgens Britânicas.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Ethnologue Report for language code: vic» (em inglês). Consultado em 20 de março de 2015 
  2. Wiltshire, Shari (January 28–29, 2007). "Crucian: Dialect or a language? Professor at UVI to publish dictionary". St. Croix Avis
  3. «Virgin Islands Creoles» (PDF) (em inglês). Consultado em 20 de março de 2015 

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]