Cris Vianna

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cris Vianna
Cris Vianna em fevereiro de 2012
Nome completo Kelly Cristina dos Santos[1]
Nascimento 11 de abril de 1977 (40 anos)
São Paulo,  São Paulo
Nacionalidade brasileira
Ocupação Atriz
Atividade 2005–presente
Outros prêmios
Troféu Raça Negra (2010)[2]
IMDb: (inglês)
Cris Vianna em um evento

Cris Vianna (São Paulo, 11 de abril de 1977) é uma atriz brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Aos 13 anos, depois de perder o pai, começou a cuidar das crianças da vizinha e foi tentar a carreira de modelo, bateu na porta de agências até conseguir desfiles e conseguiu, permanceu na carreira por 10 anos, chegou a desfilar na Itália, Canadá, Austrália e Alemanha. Mais tarde participou por três anos de um grupo vocal, Black Voices, em São Paulo. Tudo isso, para pagar cursos de teatro, em seu currículo consta os cursos Globe, a Escola de Atores de Wolf Maya, a Escola de Beto Silveira e a Oficina de Atores da Globo.[3][4]

Sua estreia como atriz foi em América, como a dançarina Drica. Depois, vieram Sinhá Moça, na qual ela era a escrava Maria das Dores. Ainda em 2006, em O Profeta, Cris viveu a professora Gilda na trama. O convite para interpretar Sabrina em Duas Caras veio do diretor Wolf Maya. Quando iniciou as gravações da novela, ela estava finalizando sua participação em Última Parada 174, filme de 2008 de Bruno Barreto baseado no sequestro do ônibus 174, no Rio. Nesse filme, ela interpreta Marisa (uma ex-dependente química que larga o vício e se converte ao evangelho.[5]

Em 2009, Cris Vianna esteve na novela Paraíso, da Rede Globo. Foi uma das vencedoras do Troféu Raça Negra 2010, na categoria Melhor Atriz de Cinema, por seu papel em Besouro.[2] No mesmo ano, participou da novela Tempos Modernos. Em 2011, a atriz interpretou Dagmar dos Anjos, vendedora de empadas, mãe de Leandro, interpretado por Rodrigo Simas em Fina Estampa.[5]

A atriz foi rainha de bateria da escola de samba Grande Rio, em 2011. É atual Rainha de bateria da escola de samba Imperatriz Leopoldinense. Em 2012, esteve na novela Salve Jorge, da Rede Globo. Dois anos depois, participou da novela Império, como a rainha de bateria Juju Popular. Esteve no elenco da novela A Regra do Jogo.

Controvérsias[editar | editar código-fonte]

No dia 1 de Dezembro de 2015, a atriz foi vítima de racismo na internet, junto à jornalista Maria Júlia Coutinho e a também atriz Taís Araújo.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
2005 América Drica
2006 Sinhá Moça Maria das Dores (Das Dores)
O Profeta Professora Gilda
2007 Duas Caras Sabrina
2008 Casos e Acasos Marta
2009 Paraíso Candinha
2010 Tempos Modernos Tita
2011 Fina Estampa Dagmar dos Anjos [6]
2012 As Brasileiras Marlene (ep: A Sambista da BR- 116)
2012 Salve Jorge Júlia Campos Albuquerque (Julinha)
2014 Império Juliane Alves Matos (Juju Popular) [7]
2015 A Regra do Jogo Dira Dourado

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Personagem
2008 Última Parada 174 Marisa[5]
2009 Besouro Teresa[2]
Flordelis - Basta uma Palavra para Mudar Vânia

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Título Direção Ref
2013 Quando a Gente Ama João Batista [8]

Participação em Videoclipe[editar | editar código-fonte]

Ano Música Artista Ref
1998 Inaraí Katinguelê [9]
2013 Mais Fácil Sorriso Maroto [10]
2015 Ela Sambou, Eu Dancei Arlindo Cruz feat. Mr Catra [11]
Tu e Eu Adi Cudz & Big Nelo [12]
2016 Rio de Paixão Mr Paulão [13]

Prêmios & Indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Trabalho Resultado Ref
2009 Prêmio Contigo de Cinema Melhor Atriz Coadjuvante  Última Parada 174 Venceu [14]
2010 Troféu Raça Negra Melhor Atriz Besouro Venceu [15]
2012 Troféu Top Of Business Destaque do ano Fina Estampa Venceu [16]
2015 Prêmio Gato de Prata Melhor Rainha de Bateria Imperatriz Leopoldinense Venceu [17]
2016 Troféu The Winner Awards Homenagem Trajetória na Arte e EM Prol da Cultura Venceu [18]

Referências

  1. Ana Paula Rafanini (24 de outubro de 2008). «A primeira parada de Cris Vianna». Contigo!. Consultado em 5 de maio de 2013 
  2. a b c Da redação (20 de novembro de 2010). «Troféu Raça Negra 2010 - Conheça os vencedores». UOL Mais. Consultado em 05;05;2013  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  3. «Cris Vianna, a Sabrina de "Duas Caras", recorre ao alongamento e ao balé clássico para manter a forma». Notícias Bol. Consultado em 21 de janeiro de 2017 
  4. «Cris Vianna conta como lutou para se tornar atriz». M de Mulher. Consultado em 21 de janeiro de 2017 
  5. a b c «Cris Vianna: 'A mulher precisa de outros temperos para prender um homem'» (em Portuguese). O Dia. 24 de setembro de 2011. Consultado em 21 de janeiro de 2017 
  6. Gshow (01 de outubro de 2012). «Cris Vianna vibra com trabalho em Salve Jorge: 'Tô muito feliz!'». Bastidores - Salve Jorge. Consultado em 15 de setembro de 2014  Verifique data em: |data= (ajuda)
  7. Louise Soares (07 de agosto de 2014). «Cris Vianna não sabia que seu papel seria de Viviane Araújo». F5 - televisão. Consultado em 15 de setembro de 2014  Verifique data em: |data= (ajuda)
  8. «Cris Vianna estreia em musical inspirado na obra de Arlindo Cruz». Rede Globo. Consultado em 21 de janeiro de 2017 
  9. «Cris Vianna aparece bem diferente em clipe do Katinguelê dos anos 90». Extra. Consultado em 21 de janeiro de 2017 
  10. «Cris Vianna e Brian McKnight gravam clipe com Sorriso Maroto no Rio». Caras Uol. Consultado em 21 de janeiro de 2017 
  11. «Cris Vianna e Danielle Winits são estrelas do vídeo de 'Ela Sambou, Eu Dancei' de Arlindo Cruz e Mr. Catra». M de Mulher. Consultado em 21 de janeiro de 2017 
  12. «Cris Vianna e Érika Januza participam de clipe com astros angolanos». Virgula Uol. Consultado em 21 de janeiro de 2017 
  13. «Cris Vianna estrela clipe musical romântico». Regional FM. Consultado em 21 de janeiro de 2017 
  14. «G1 > Cinema - NOTÍCIAS - Prêmio Contigo de Cinema consagra filme de Walter Salles». g1.globo.com. Consultado em 17 de março de 2016 
  15. «UOL Mais > Troféu Raça Negra 2010 - Conheça os vencedores». mais.uol.com.br. Consultado em 17 de março de 2016 
  16. «Top Of Business :: TV - Premiações Artísticas». tv-premiacoes-artisticas.webnode.com. Consultado em 24 de março de 2016 
  17. «Cris Vianna recebe troféu de Melhor Rainha do Carnaval 2015». Ofuxico. Consultado em 21 de janeiro de 2017 
  18. «Rosamaria Murtinho, Zezé Motta e Cris Vianna são homenageadas no Rio». Sidney Rezende. Consultado em 21 de janeiro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Cris Vianna
Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.