Cris Vianna

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cris Vianna
Cris Vianna em fevereiro de 2012
Nome completo Kelly Cristina dos Santos[1]
Nascimento 11 de abril de 1977 (39 anos)
São Paulo, SP
Ocupação Atriz
Outros prêmios
Troféu Raça Negra (2010)[2]
IMDb: (inglês)

Cris Vianna (São Paulo, 11 de abril de 1977) é uma modelo e atriz brasileira. A atriz foi um dos recipientes do Troféu Raça Negra 2010, na categoria Melhor Atriz de Cinema, por seu papel em Besouro.[2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nasceu em São Paulo em 11 de abril de 1977. Antes de começar trabalhar como modelo, Cris Vianna foi babá. Mais tarde participou por três anos de um grupo vocal, Black Voices, em São Paulo.

Sua estréia como atriz foi em América, como a dançarina Drica. Depois, vieram Sinhá Moça, na qual ela era a escrava Maria das Dores. Ainda em 2006, em O Profeta, Cris viveu a professora Gilda na trama. O convite para interpretar Sabrina em Duas Caras veio do diretor Wolf Maya. Quando iniciou as gravações da novela, Cris Vianna estava finalizando sua participação em Última Parada 174, filme de 2008 de Bruno Barreto baseado no sequestro do ônibus 174, no Rio, em 2000. Nesse filme, ela interpreta Marisa (uma ex-dependente química que larga o vício e se converte ao evangelho, depois de ter o filho tomado pelo traficante que domina o morro, o Meleca), a mãe adotiva do sequestrador Sandro.

Em 2009, Cris Vianna esteve na novela Paraíso, da Rede Globo. No ano seguinte, participou da novela Tempos Modernos. Em 2011, a atriz interpretou a carismática Dagmar dos Anjos, vendedora de empadas, que chamou a atenção do público primeiramente por suas cenas sensuais, ao tomar banho, e posteriormente pelos seus diálogos, geralmente emocionantes, com seu filho problemático Leandro dos Anjos, interpretado por Rodrigo Simas em Fina Estampa.

A atriz foi rainha de bateria da escola de samba Grande Rio, em 2011. É atual Rainha de bateria da escola de samba Imperatriz Leopoldinense.

Em 2012, esteve na novela Salve Jorge, da Rede Globo. Dois anos depois, participou da novela Império, como a rainha de bateria Juju Popular.

Cris Vianna tambem participou do clipe da musica "Inaraí" do Katinguele em 1998.

Atualmente está na novela A Regra do Jogo.

Controvérsias[editar | editar código-fonte]

No dia 1° de Dezembro de 2015, a atriz foi, também, uma mulher negra a ser vítima de preconceito na internet, junto à jornalista Maria Júlia Coutinho e também atriz Taís Araújo. Os apresentadores de televisão Otaviano Costa e Monica Iozzi deram um depoimento durante o programa Vídeo Show ao motivo da falta de responsabilidade dos preconceituosos na internet e também sobre á violência á mulher.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
2005 América Drica
2006 Sinhá Moça Maria das Dores (Das Dores)
O Profeta Professora Gilda
2007 Duas Caras Sabrina Soares da Costa
2008 Casos e Acasos Marta (1 episódio)
2009 Paraíso Candinha
2010 Tempos Modernos Tita Bicalho
2011 Fina Estampa Dagmar dos Anjos [3]
2012 As Brasileiras Marlene (ep: A Sambista da BR- 116
Salve Jorge Júlia Campos Albuquerque (Julinha)
2014 Império Juliane Alves Matos (Juju Popular) [4]
2015 A Regra do Jogo Indira Dourado

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Personagem
2008 Última Parada 174 Marisa
2009 Besouro Teresa
2009 Flordelis - Basta uma Palavra para Mudar Vânia

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Indicado Resultado Ref
2009 Prêmio Contigo de Cinema Melhor Atriz Coadjuvante  Última Parada 174 Venceu [5]
2010 Troféu Raça Negra Melhor Atriz Besouro Venceu [6]
2012 Troféu Top Of Business Destaque do ano Fina Estampa Venceu [7]

Referências

  1. Ana Paula Rafanini (24/10/2008). «A primeira parada de Cris Vianna». Contigo!. Consultado em 05/05/2013. 
  2. a b Da redação (20/11/2010). «Troféu Raça Negra 2010 - Conheça os vencedores». UOL Mais. Consultado em 05;05;2013. 
  3. Gshow (01 de outubro de 2012). «Cris Vianna vibra com trabalho em Salve Jorge: 'Tô muito feliz!'». Bastidores - Salve Jorge. Consultado em 15 de setembro de 2014. 
  4. Louise Soares (07 de agosto de 2014). «Cris Vianna não sabia que seu papel seria de Viviane Araújo». F5 - televisão. Consultado em 15 de setembro de 2014. 
  5. «G1 > Cinema - NOTÍCIAS - Prêmio Contigo de Cinema consagra filme de Walter Salles». g1.globo.com. Consultado em 2016-03-17. 
  6. «UOL Mais > Troféu Raça Negra 2010 - Conheça os vencedores». mais.uol.com.br. Consultado em 2016-03-17. 
  7. «Top Of Business :: TV - Premiações Artísticas». tv-premiacoes-artisticas.webnode.com. Consultado em 2016-03-24. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Cris Vianna
Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.