Cromato de sódio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cromato de Sódio
Alerta sobre risco à saúde
Chroman sodný.JPG
Nome IUPAC disodium dioxido-dioxo-chromium
Outros nomes Rachromate
Chromium disodium oxide
Identificadores
Número CAS 7775-11-3
PubChem 24488
Propriedades
Fórmula molecular Na2CrO4
Massa molar 161,97 g.mol-1
Aparência cristais amarelos
Densidade 2.723 g/cm3
Ponto de fusão

792 °C

Solubilidade em água 44.3% at 20 °C, 56.1% at 100 °C
Estrutura
Estrutura cristalina ortorrômbico (hexagonal acima de 413 °C)
Termoquímica
Entalpia padrão
de formação
ΔfHo298
−1329 kJ/mol
Riscos associados
Principais riscos
associados
cancerígeno
Frases R R45 R46 R60 R61 R21 R25 R26 R34 R42/43 R48/23 R35 [1]
Frases S S53 S45 S60 S61 [1]
Compostos relacionados
Compostos relacionados Cromato de potássio (K2CrO4)
Dicromato de sódio (Na2Cr2O7)
Trióxido de crômio (CrO3)
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Cromato de sódio ou cromato (IV) de sódio é o composto químico de fórmula Na2CrO4. Apresenta-se normalmente na forma tetrahidratada. É um sólido cristalino amarelo inodoro. Possui massa molar de 161,97 g/mol. Densidade de 2,72 g·cm–3. Ponto de fusão de 792 °C. Esta substância é um forte oxidante. Decompõe-se antes de alcançar o ponto de ebulição. Solubilidade em água de 24,2 g (a 20 °C), 45,8 g (a 25 °C), 56,1 g (a 100 °C), produzindo uma solução fracamente básica.[1][2] Pouco solúvel em etanol e metanol.[3]

É higroscópico e pode formar tetra-, hexa- e decahidratos. O cromato de sódio, como outros compostos de cromo hexavalente, pode ser carcinogênico.[4]

Aplicações[editar | editar código-fonte]

É usado como um inibidor de corrosão na indústria do petróleo,[4] como um auxiliar de tingimento na indústria têxtil,[4] como um conservante para madeira,[5] e como um diagnóstico farmacêutico em determinação do volume de células vermelhas do sangue volume.[6]

Produção[editar | editar código-fonte]

Pode ser obtido por fusão da cromita com NaOH em presença de ar, com o que o Cr se oxida a cromato de sódio:[7]

2 FeCr2O4 + 8 NaOH + 3/2 O2 4 Na2CrO4 + Fe2O3 + 4 H2O

Também pode ser obtido por fusão com carbonato de sódio[7] :

2 FeCr2O4 + 8 Na2CO3 + 7 O2 8 Na2CrO4 + 2 Fe2O3 + 8 CO2

Pode ser obtido da reação do dicromato de sódio com o hidróxido de sódio.[4]

Referências

  1. a b c «SODIUM CHROMATE». inchem. Consultado em 20 de junho de 2008  Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "inchem" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  2. Registo na Base de Dados de Substâncias GESTIS do IFA
  3. Handbook of Inorganic Compounds; Dale L. Perry, Sidney L. Phillips [1] (em inglês)
  4. a b c d Gerd Anger, Jost Halstenberg, Klaus Hochgeschwender, Christoph Scherhag, Ulrich Korallus, Herbert Knopf, Peter Schmidt, Manfred Ohlinge. Chromium Compounds. in Ullmann's Encyclopedia of Industrial Chemistry. Wiley-VCH, 2002. doi:10.1002/14356007.a07_067
  5. «Sodium chromate - Pesticide use statistics for 2005». PAN Pesticides Database. Consultado em 20 de junho de 2008 
  6. Bracco Diagnostics Inc. «chromitope sodium (Sodium Chromate, Cr 51) injection, solution». DailyMed. Consultado em 20 de junho de 2008 
  7. a b ASBRAV - Cromo

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um composto inorgânico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.