Crossmedia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Crossmedia (também conhecida como cross media ou cross-media) é a distribuição de serviços, produtos e experiências por meio das diversas mídias e plataformas de comunicação existentes no mundo digital e offline. O conceito surgiu originalmente na Publicidade na década de 90 para se referir a uma ação mercadológica transmitida em múltiplos meios (por exemplo: tv, revista, jornal, etc).

A área de Narratologia e Storytelling também se utilizam do termo para se referir a uma história (narrativa) que é replicada em outro meio (mídia) e/ou uma nova narrativa mantendo-se o mesmo universo criativo original.

A evolução do conceito é a Narrativa transmídia, que envolve múltiplas narrativas que mantém o mesmo universo criativo e cuja história cruza em um ou mais momentos, influenciando ou sendo influenciada pela narrativa anterior.[1]

Crossmedia no Storytelling[1][editar | editar código-fonte]

Em storytelling, o conceito de transmídia reflete:

  1. a replicação de uma narrativa em um formato de distribuição (mídia) distinto, como 'a versão para cinema do livro Harry Potter'; ou
  2. a construção de uma nova narrativa, mantendo-se o universo temático da narrativa original, mantendo-se ou não os mesmos personagens, mas cuja narrativa não influencia e nem é influenciada pela narrativa original (ex.: o filme Tomb Raider e o game para consoles Tomb Raider)

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b Rodrigues, JC (2016). Brincando de deus - Criação de mundos virtuais e experiências de imersão digitais (Rio de Janeiro: Marsupial Editora). 
Ícone de esboço Este artigo sobre propaganda e marketing ou sobre um publicitário é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.