Cruella de Vil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Cruella de Vil é um personagem do livro 101 Dálmatas, escrito por Dodie Smith em 1956. Cruella apareceu depois nas animações da Disney 101 Dálmatas e 101 Dálmatas 2 e nos filmes (também dos estúdios Disney) "101 Dálmatas" e "102 Dálmatas". Em todas as suas répresentações, Cruella sequestra filhotes de dálmata para fazer de suas peles um casaco. É importante frisar que Cruella é vaidosa, egocêntrica e extravagante, sofre de mudanças de humor violentas e é muito egoísta. O nome de Cruella em inglês faz uma brincadeira com as palavras Cruel (Cruel) e Devil (diabo).

101 Dálmatas - A Animação[editar | editar código-fonte]

Na animação 101 Dálmatas, dos Estúdios Disney, Cruella conserva muitos traços que tem no livro. Por exemplo seu cabelo, metade preto metade branco, e seu enorme casaco de vison. No entanto, algumas informações sobre ela deixaram de ser mencionadas, como o fato de que é casada com um comerciante de peles, o que ressalta sua paixão por elas. No filme, Cruella dirige seu próprio automóvel, vermelho e preto. Anita Dearly era sua antiga colega de escola (e também a dona dos dálmatas no filme) e se casa com Roger, que compõe uma canção sobre Cruella (Cruella de Vil), que enfatiza sua crueldade. Desde o começo, Roger suspeita que ela tenha roubado os filhotes. No filme, Cruella conta com dois capangas para ajudá-la, Horácio e Jasper. Ela foi desenhada com feições cadavéricas e um jeito louco e obsessivo. Cruella reaparece em 101 Dálmatas 2, onde é dublada por Susanne Blakeslee. Uma curiosidade é que no filme The Rescuers o papel de vilã era para ser interpretado por Cruella, mas eles resolveram criar uma nova vilã, Medusa. Pode-se ver que Medusa e Cruella são muito parecidas, ambas adoram o luxo, são um pouco loucas e obsessivas e dirigem carros parecidos.

101 Dálmatas, O Filme[editar | editar código-fonte]

Na versão em filme, também produzida pelos estúdios Disney, Cruella (interpretada por Glenn Close) é uma chefe de uma empresa de moda, a Casa dos de Vil. Ao invés de ser sua antiga colega de escola, Anita Dearly é uma de suas funcionárias e sua melhor designer, além de ainda ser dona dos dálmatas e casada com Roger. Nesse filme, Roger não é compositor e sim um designer de videogames. Nesse filme, além de seus dois capangas Horácio e Jasper, ela tem outro cúmplice, Sr.Skinner,que tem o dever de matar e esfolar os filhotes de dálmata para o casaco de peles. Nesta encarnação Cruella abandona um pouco do jeito cadavérico e louco que lhe foi dado na animação.

Once Upon a Time[editar | editar código-fonte]

Na série Once Upon a Time (série de televisão) a história da personagem é modificada, dando a personagem o famigerado casaco de pele de dálmata, que a Cruella de Vil dos filmes Disney [1] jamais conseguiu. A personagem teve ótima aceitação do público em geral, sendo das três personagens chamadas "Queens Of Darkness", ou, "Rainhas da Escuridão" (Malévola, Úrsula e Cruella de Vill) a mais popular, por seu sotaque e por sua vilania nata, sem ter precisado de razões prévias, assim se tornando uma das poucas vilãs da série que não foi movida por uma vingança para se tornar vilã, ou seja, uma das personagens mais "humanas" da série. A personagem teve destaque principalmente no episódio "Sympathy for the De Vil", que conta sua história. Durante os 7 episódios que participa da série, a personagem é interpretada por Victoria Smurfit.


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências