Cuckoo on a Choo Choo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Cuckoo on a Choo Choo
Arrastando as asas (BRA)
 Estados Unidos
1952 •  pb •  15 min 
Direção Jules White
Roteiro Felix Adler
Elenco Moe Howard
Larry Fine
Shemp Howard
Patricia Wright
Victoria Horne
Género comédia
Idioma inglês

Cuckoo on a Choo Choo (br.: Arrastando as asas) é um filme curta-metragem estadunidense de 1952, dirigido por Jules White. É o 143º de um total de 190 filmes da série com os Três Patetas produzida pela Columbia Pictures entre 1934 e 1959.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Larry e Shemp estão em um vagão de trem roubado, junto com duas mulheres. Por Shemp ser um milionário, Larry cometera o sequestro e o mantém ali para forçá-lo a se casar com Roberta (Victoria Horne), irmã de sua namorada Lenore (Patricia Wright) que, por "tradição de família", só irá se casar após a irmã. Shemp se recusa o que faz com que Roberta tenha sucessivas crises de choro. Ele fica raramente sóbrio pois, embriagado, tem visões de um pássaro gigante chamado Carrie ("Eulália, a canária", segundo a dublagem brasileira), por quem cultiva uma estranha afeição.

O detetive ferroviário Moe descobre o vagão e tenta prender Larry mas desiste quando vê Roberta, de quem fora namorado há alguns anos. Moe briga com Shemp por causa de Roberta enquanto Lenore insiste em convencer o milionário a casar com a irmã, mas fica atraída por ele quando é beijada pelo Pateta que estava recebendo uma corrente elétrica no corpo vinda de um barbeador elétrico que caíra dentro de sua camisa.

O filme termina num impasse, com todos desacordados e Shemp se chocando com uma porta ao tentar ir atrás de seu pássaro gigante

Notas[editar | editar código-fonte]

  • Esse curta é considerado um dos mais originais e único na filmografia dos Três Patetas.[1] Contudo, muitos fãs não o entenderam e o condenaram e o classificaram como a pior comédia dos Patetas.[2]
  • Durante a série da Columbia Pictures que durou 24 anos, os Três Patetas raramente interpretaram personagens separados, preferindo atuarem como uma equipe ou família. O autor Jon Solomon concluiu que "quando divididos, eles perdiam seu dinamismo cômico"[1] Outros filmes em que ocorreu a divisão: Rockin' in the Rockies, He Cooked His Goose (e seu remake Triple Crossed), Gypped in the Penthouse, Flying Saucer Daffy e Sweet and Hot.
  • O enredo de Cuckoo on a Choo Choo satiriza dois filmes populares na época. O vagão roubado se refere a A Streetcar Named Desire, enquanto o animal imaginado por um milionário alcoólico é uma paródia de Harvey.[1] A ideia da mulher desprezada e ajudada pela irmã foi usada por Shakespeare na peça The Taming of the Shrew (ou Kiss Me, Kate, musical de Cole Porter baseado na peça e que voltaria a ser adaptada em um filme de 1953 da MGM).
  • O curta é indicado como um dos favoritos de Larry Fine que o teria revisto muitas vezes enquanto esteve internado, já aposentado, no Motion Picture House. Ele está diferente do usual, dominante e falando mais firme, buscando imitar Marlon Brando como Stanley Kowalski. Logo no início ele tem uma camisa rasgada nas costas, realçando a paródia do personagem.
  • A voz do locutor de rádio é de Moe.
  • Cuckoo on a Choo Choo foi filmado de 21 a 23 de abril de 1952. 

Referências

  1. a b c Solomon, Jon (2002). The Complete Three Stooges: The Official Filmography and Three Stooges Companion. [S.l.]: Comedy III Productions, Inc. pp. 316, 376. ISBN 0971186804 
  2. Lenburg, Jeff; Howard Maurer, Joan; Lenburg, Greg; (1982). The Three Stooges Scrapbook, p. 259, Citadel Press. ISBN 0806509465

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]