Culinária da Tunísia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde julho de 2013). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Brik

A gastronomia da tunisiana é muito rica e variada e conta com especialidades de diversas origens, resultado dos diferentes povos que a ocuparam, como os berberes, andaluzes, persas, turcos e egípcios. A culinária da Tunísia recebe influência da cozinha francesa, grega e árabe.

A entrada de uma refeição típica é composta por uma salada de tomate e alface, pepinos com coalhada e um pastel chamado "brik". Em boa parte do litoral costuma-se servir a "chorba", uma sopa de peixe com tomate. Lablabi é uma sopa de grão-de-bico, igualmente popular. A carne de carneiro é também básica na mesa tunisiana.

Na capital, Tunis, é comum servir de entrada o pão e a harissa, uma pasta de pimenta vermelha com com alho, cominho, coentro, alcaravia e azeite.[1]

Galeria[editar | editar código-fonte]

As tâmaras frescas fazem igualmente parte da culinária tunisiana.

Referências

  1. (em inglês) «Lalabli no The Congo Cookbook». www.congocookbook.com 
Ícone de esboço Este artigo sobre culinária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.