Culinária de São Paulo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A culinária do Estado de São Paulo se desenvolveu, principalmente, no período de povoamento da capital, entre os séculos XVI e XVII. Os pratos trazem produtos facilmente encontrados na terra, como o milho e o trigo.

Durante a colonização, os bandeirantes aderiram também aos hábitos dos índios, por motivos de sobrevivência. A farinha de mandioca já era parte da alimentação, por resistir a longas expedições.

As regiões do estado apresentam também diferentes costumes. No litoral, os elementos da cultura portuguesa, como bolinhos e ensopados, são predominantes. Já no interior, a culinária tem mais traços da tradição dos tropeiros e os pratos levam mandioca frita e feijão gordo, por exemplo. Entre os pratos populares, está o virado à paulista, o bauru e, na capital, o lanche de mortadela.

Virada à paulista[editar | editar código-fonte]

O Virado à Paulista começou a ser feito na época da colonização.

O prato é preparado com feijão cozido e refogado em cebola, alho e gordura, mexido com farinha de milho ao mandioca. Pode variar entre bisteca e costeleta suína frita. Acompanha banana empanada, ovo, couve, torresmo e arroz.

Tutu de feijão[editar | editar código-fonte]

Para fazer o tutu, o feijão deve ser cozido, refogado e engrossado com farinha de mandioca ou de milho.

Bauru[editar | editar código-fonte]

O Bauru foi criado na capital, mas é comido em todo o estado.

O lanche foi inventado e popularizado em um restaurante da capital, o Ponto Chic. Originalmente, contém pão francês, rosbife, tomate, picles e queijos derretidos.

Na capital[editar | editar código-fonte]

A capital do estado tem sua própria diversificação na culinária e os bairros se dividem em diferentes heranças gastronômicas. Na Liberdade, a culinária oriental é predominante, e no Bixiga, a culinária italiana.[1] Entre as comidas imperdíveis, estão o sanduíche de mortadela do Mercadão e o lanche de pernil do Estadão.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Bixiga, o bairro das cantinas». GuiaDaSemana.com.br. Consultado em 28 de outubro de 2017 

Fontes [1] [2] [3] [4] [5]

[6]

  1. https://pt.wikipedia.org/wiki/Virado
  2. https://pt.wikipedia.org/wiki/Tutu_de_feij%C3%A3o
  3. https://pt.wikipedia.org/wiki/Bauru_(sandu%C3%ADche)
  4. https://www.estadosecapitaisdobrasil.com/sao-paulo/culinaria-de-sao-paulo/
  5. http://www.bibliotecavirtual.sp.gov.br/temas/sao-paulo/cultura-e-folclore-paulista-culinaria-e-pratos-tipicos.php
  6. http://www.infoescola.com/sao-paulo/culinaria-paulista/