Cultura da Sérvia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade(desde Janeiro de 2009). Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
O gusle, instrumento musical nacional sérvio

A Sérvia é um dos países culturalmente mais diversificados da Europa. As fronteiras entre grandes impérios percorreram o território da Sérvia actual durante longos períodos da história: entre a metade oriental e ocidental do Império Romano; e entre o Império Otomano e o Império Austríaco (mais tarde Áustria-Hungria). Como resultado, enquanto o norte é culturalmente mais próximo da Europa Central, o sul é mais oriental. Evidentemente, ambas as regiões influenciaram-se mutuamente, pelo que a distinção entre norte e sul é de certa forma artificial.

A influência do Império Bizantino sobre a Sérvia foi talvez a mais significativa. Os Sérvios são cristãos ortodoxos, com a sua própria igreja nacional, a Igreja Ortodoxa Sérvia. Usam ambos os alfabetos, o Cirílico e o Latino, resultante da influência oriental e ocidental. Os mosteiros da Sérvia, construídos principalmente na Idade Média, são alguns dos traços mais valiosos e visíveis da Sérvia Medieval juntamente com o Império Bizantino, mas também com a Europa Ocidental, com a qual a Sérvia tinha uma forte ligação na Idade Média.

Esportes[editar | editar código-fonte]

Os esportes mais populares entre os sérvios são o futebol, o voleibol e o basquetebol. Nos últimos anos, o polo aquático e o tênis têm-se popularizado.

Como Jugoslávia, na Copa do Mundo de futebol conseguiu ficar em em terceiro lugar em 1930, no Uruguai, além de quarto lugar em 1962, no Chile. Já na Eurocopa, conseguiu o vice-campeonato em 1960, na França, e em 1968, na Itália, além de quarto lugar em 1976, quando foi país-sede. No país, existem dois times de grande porte: o Estrela Vermelha (campeão mundial e campeão europeu em 1991) e o Partizan (vice em 1966).

Também como Jugoslávia, ganhou a medalha de ouro no voleibol masculino nos jogos olímpicos de Sydney 2000 e bronze em Atlanta-1996, além de prata no Campeonato Mundial de 1998 em Tóquio, bronze na Copa do Mundo em 2003 e bronze no Campeonato Mundial feminino de 2006 em Osaka.

Ainda como Jugoslávia, ganhou medalha de ouro no basquete masculino nos jogos olímpicos em Moscou-1980, prata na Cidade do México-1968, Montreal-1976, Seul-1988 e Atlanta-1996, e bronze em Los Angeles-1984. No feminino ganhou prata em Seul-1988 e bronze em Moscou-1980. É também o maior vencedor do Campeonato Mundial masculino, ganhando em 1970, 1978, 1990, 1998 e 2002, além de ficar em segundo em 1963, 1967 e 1974, e terceiro em 1982 e 1986. No feminino, ficou em segundo lugar em 1990. No Campeonato Europeu, venceu em 8 oportunidades (1973/1975/1977, 1989/1991, 1995/1997 e 2001).

Já no tênis, o país revelou nos últimos anos jogadores de destaque mundial:

A Sérvia também tem investido ultimamrnte no polo aquático, tendo a selecção nacional chegado à final dos Jogos Olímpicos. O melhor jogador da Sérvia é Alenksandar Sapic.

Música[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Música da Sérvia

A Sérvia tem uma música extremamente distintiva, com traços orientais derivados da forte influência turca que dominou o território durante 500 anos. Mesmo assim, os ritmos apresentam ampla variedade, desde o yugo-rock (rock iugoslavo) com Idoli, Darko Rundek e Rambo Amadeus, até o fenômeno de massas do turbofolk com Ceca e Lepa Brena. Em 2007, a música sérvia veio novamente à tona quando Marija Serifovic venceu o festival Eurovision.

Cinema[editar | editar código-fonte]

Recentemente a Sérvia destacou-se no cinema com a polêmica película de terror A Serbian Film, que possui cenas fortíssimas de sexo, violência, necrofilia e pedofilia sendo ao mesmo tempo comentada, banida em vários países[1][2][3] e premiada em festivais de cinema.[4][5][6]

Referências

  1. (em inglês) «A Serbian Film, Raindance Film Festival listing,». Raindance. Consultado em 10 de abril de 2010 
  2. «Justiça censura exibição de controverso A Serbian Film – Terror sem Limites». cinema.cineclick.uol.com.br . Cineclick, 23 de julho de 2011
  3. «Exibição de longa sérvio foi proibida e cópia, apreendida». www.correiodopovo.com.br . Correio do Povo, 23 de julho de 2011
  4. «Título ainda não informado (favor adicionar)». fantasiafestival.com 
  5. «Título ainda não informado (favor adicionar)». www.fantasporto.com 
  6. «Título ainda não informado (favor adicionar)». fantaspoa.wordpress.com 
Bandeira da Sérvia Sérvia
Bandeira • Brasão • Hino • Culinária • Cultura • Demografia • Economia • Forças Armadas • Geografia • História • Portal • Política • Subdivisões • Turismo • Imagens