Cuprita

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A cuprita é um mineral do grupo dos óxidos. Quimicamente é um óxido cuproso de cor vermelha que pode se apresentar alterado superficialmente em malaquita verde. A variedade calcotriquita toma aspecto de agregado de cristais capilares largos, semelhante a uma cabeleira.

Cuprita

Características[editar | editar código-fonte]

Fórmula Química - Cu2O

Composição - Óxido de cobre. 88,8% de Cu, 8,2% de O

Cristalografia - Isométrico

Classe - Hexaoctaédrica

Propriedades ópticas - Mineral isotrópico

Hábito - Maciça ou de cubos, octaedros e mais raramente dodecaedros modificados

Dureza - 3,5 - 4

Densidade relativa - 5,8 - 6,1

Brilho - Brilho não-metálico

Cor - Vermelho a carmim

Associação - Pode estar associada a malaquita e azurita.

Propriedades diagnósticas - Traço avermelhado, fusível com chama verde, solúvel em H2SO4 puro, hábito.

Ocorrência - Gerado na superfície por alteração de outros minerais de cobre, especialmente malaquita, azurita, cobre nativo e crisocola.

Usos - Mineral de minério de Cu de importância secundária, uma vez que não ocorre em grande quantidade. [1]

Referências

  1. «Cópia arquivada». Consultado em 12 de janeiro de 2013. Arquivado do original em 22 de junho de 2013