Curdistão Vermelho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Курдистанский уезд, Kôrdistana Sor
Curdistão Vermelho
1923 – 1929

Bandeira de Kurdistan Uyezd

Bandeira

Localização de Kurdistan Uyezd
Continente Ásia
País  União Soviética
Capital Lachin
Língua oficial curdo, russo
Governo Não especificado
Período histórico Período entre-guerras
 • 1923 Fundação
 • 1929 Dissolução

O Curdistão Uyezd (em russo: Курдистанский уезд; em azeri: Kürdüstan qəzası,[1] ), também chamado coloquialmente de Curdistão Vermelho (em russo: Красный Курдистан; em azeri: Qızıl Kürdistan; em curdo: Кöрдьстана Сор) foi uma unidade administrativa soviética que existiu de 1923 a 1929[2] [3] .

A sua capital era a cidade de Lachin. Foi brevemente sucedido pelo Curdistão Okrug em 1930.

História[editar | editar código-fonte]

A presença dos curdos no que hoje é o Azerbaijão remonta ao Século IX. A área entre Karabakh e Zangezur tornou-se habitada por tribos nômades curdas no Século XVIII. Afinal, essa população tornou-se majoritária em muitas partes da região, particularmente em torno de Lachin, Kalbajar, e Qubadli.

Embora comumente referido como um okrug (distrito) ou província autônoma (oblast autônomo), o Curdistão Vermelho nunca foi nenhum dos dois. De fato, era uma uyezd, uma unidade administrativa como qualquer outra, dentro do que hoje é o Azerbaijão, sem maior autonomia do que qualquer outro uyezd.[4] [5]

Atualmente a região faz parte da não reconhecida República do Nagorno-Karabakh, apoiada pela Armênia.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre a região do Curdistão ou sobre o povo curdo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.