Cursos de Educação e Formação de Adultos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Os Cursos EFA - Educação e Formação de Adultos possibilitam a aquisição de habilitações escolares e/ou competências profissionais, com vista a uma (re)inserção ou progressão no mercado de trabalho. Destinam-se a indivíduos que não tiveram a oportunidade de concluir o 9º ano ou o ensino secundário e que o desejam ou sentem necessidade de o realizar.

Estes cursos foram integrados na iniciativa promovida pelo Ministério da Educação português intitulada "Novas Oportunidades".

Os Cursos EFA fazem parte de uma oferta de formação mais lata que é gerida pela Agência Nacional para a Qualificação. Para além dos intuitos de requalificação da população potencialmente activa, este tipo de oferta visa repor uma lógica abandonada no período pós-25 de Abril e que resultou no abandono das vertentes profissionalizantes. Fruto da estigmatização das então denominadas "Escolas Profissionais", por oposição às escolas que viabilizavam a continuação de estudos com vista ao ingresso no Ensino Universitário, este tipo de oferta formativa foi praticamente "banido" das opções políticas dos sucessivos Ministérios do Emprego e Ministérios da Educação.

Porém, no início dos anos 90, tendo em conta que as vias de ensino começaram a dar os primeiros sinais de não serem garantia de empregabilidade, ainda que fossem socialmente mais bem cotadas, o Estado Português relançou a ideia de formação profissionalizante com uma "dimensão escolar", tentando limitar os elevados níveis de abandono escolar e os fenómenos de exclusão social que daí resultam.

O que são[editar | editar código-fonte]

Os Cursos EFA obedecem aos referenciais de formação constantes do Catálogo Nacional de Qualificações.

São agrupados por áreas de formação, de acordo com a Classificação Nacional das áreas de Educação e Formação e desenvolvem-se segundo percursos de dupla certificação. Ou seja dão equivalência escolar e certificação profissional.

Objectivo e Organização[editar | editar código-fonte]

Os EFA têm o objectivo de fornecer aos formandos a possibilidade de adquirirem habilitações escolares e/ou competências profissionais, visando a (re) inserção ou progressão no mercado de trabalho.

Organizam-se do seguinte modo:

  • Numa perspectiva de aprendizagem ao longo da vida;
  • Em percursos de formação, definidos a partir de um diagnóstico inicial avaliativo;
  • Em percursos formativos desenvolvidos de forma articulada, integrando uma formação de base e uma formação tecnológica ou apenas uma destas;
  • No desenvolvimento de uma formação centrada em processos reflexivos e de aquisição de competências, através de um módulo intitulado "Aprender com autonomia" (nível básico de educação e/ou nível 2 de formação) ou de um "Portfólio reflexivo de aprendizagens" (nível secundário e/ou nível 3 de formação).
  • Estes cursos têm uma duração que pode ir das 790 horas de formação até às 2390, dependendo do percurso formativo prévio.

Destinatários[editar | editar código-fonte]

Os Cursos EFA são indicados para adultos que:

  • Tenham idade igual ou superior a 18 anos;
  • Pretendam completar o 9º ou 12º ano de escolaridade;
  • Desejem obter uma qualificação profissional de nível 2 ou 3.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]