Custódio Mattos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção necessita de referências de fontes secundárias fiáveis publicadas por terceiros (desde outubro de 2015).
Por favor, melhore-o, incluindo referências mais apropriadas vindas de fontes fiáveis e independentes.
Fontes primárias, ou que possuem conflito de interesse geralmente não são suficientes para se escrever um artigo em uma enciclopédia.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Custódio Antônio de Mattos
Prefeito de Juiz de Fora
Período -1 de janeiro de 1993
até 31 de dezembro de 1996
-1 de janeiro de 2008
até 31 de dezembro de 2012
Secretário Estadual de Desenvolvimento Social de  Minas Gerais
Período 2007
até Junho de 2008
Deputado federal de  Minas Gerais
Período -1 de janeiro de 1998
até 31 de dezembro de 2002
-1 de janeiro de 2003
até 31 de dezembro de 2006
-1 de janeiro de 2006
até 31 de dezembro de 2007
Deputado estadual por  Minas Gerais
Período 1 de janeiro de 1991
até 31 de dezembro de 1992
Dados pessoais
Nascimento 3 de abril de 1948
Bicas, Minas Gerais
Placa do programa Nova Juiz de Fora na Rua Santo Antônio. O Programa foi realizado em seu segundo mandato como prefeito de Juiz de Fora.

Custódio Antônio de Mattos (Bicas, 3 de abril de 1948) é um político brasileiro.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de Custódio Lopes de Mattos e Ercília Ferreira de Mattos, Custódio nasceu em Juiz de Fora. O registro civil do seu nascimento foi feito em Bicas, cidade próxima à Juiz de Fora, onde moravam seus pais.

Educação e formação[editar | editar código-fonte]

Estudou no Colégio Militar de Belo Horizonte. Graduou-se em direito pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) e concluiu dois mestrados, em Administração Pública pela FGV do Rio de Janeiro (1971-1973) e Ciências Sociais pela Universidade de Birmingham, Inglaterra (1978-1979). Especializou-se, ainda, em Gestão Empresarial Avançada para Desenvolvimento de Executivos, na Fundação Dom Cabral e INSEAD, França, em 1997.

Antes de ingressar na carreira política, Custódio Mattos exerceu o cargo de técnico de planejamento e pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Posteriormente foi diretor financeiro do Inamps e secretário-adjunto de Administração da Prefeitura de Belo Horizonte e diretor do Banco do Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG).

Trajetória política[editar | editar código-fonte]

Sua trajetória política começou cedo. Em 1970 filiou-se ao MDB, onde militou até a criação do PSDB - partido que ajudou a fundar na cidade Juiz de Fora, Minas Gerais. Em 1990, foi eleito deputado estadual; em 1992 venceu a eleição para a Prefeitura de Juiz de Fora, exercendo mandato de 1993 a 1997. Em 1998, foi eleito para seu primeiro mandato como deputado federal, sendo reeleito outras duas vezes. Em 2008 vence novamente as eleições municipais e decide buscar por um terceiro mandato em 2012, porém foi derrotado ainda no primeiro turno por Bruno Siqueira e Margarida Salomão.

Referências

  1. "PJF - Galeria de Prefeitos" - Prefeitura de Juiz de Fora

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Carlos Alberto Bejani
Prefeito de Juiz de Fora
1993 — 1997
Sucedido por
Tarcísio Delgado
Precedido por
José Eduardo Araújo
Prefeito de Juiz de Fora
2009 — 2012
Sucedido por
Bruno Siqueira


Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.