Custo invisível

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde dezembro de 2015). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a incoerências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde dezembro de 2015). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a coerência e o rigor deste artigo.

Os custos invisíveis estão diretamente relacionados às pessoas (bens não tangíveis) no que diz respeito a: comunicação, criatividade, reuniões eficazes, harmonia entre os colaboradores, rotatividade de pessoal, comprometimento e responsabilidade[1][2] e são, em sua maioria decorrentes de trabalhos realizados de forma errada.

As empresas trabalham na busca por resultados, e muitas acreditam que, ter produtos de qualidade ou uma boa estratégia de marketing é o suficiente para o alcance desses resultados. Na verdade essas empresas estão focadas somente ao visível, ou seja, ao quantificável. Trabalham apenas com evidências e fatos, e não percebem que possuem uma outra dimensão que afeta consideravelmente seus resultados, a qual podemos chamar de Custos Invisíveis ou Bens Não Tangíveis, fundamentais para o sucesso das empresas.

Os Custos Invisíveis estão presentes nos diferentes setores da organização e, podem afetar consideravelmente o desempenho e o resultado organizacional da empresa.

Ícone de esboço Este artigo sobre Administração é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.