Cutia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: ""Cutias"" redireciona a este artigo. Para o município, veja Cutias (Amapá).
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Cotia (município).
Como ler uma infocaixa de taxonomiaCutia ou Duarte
Uma cutia no Panamá.
Uma cutia no Panamá.
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Rodentia
Família: Dasyproctidae
Género: Dasyprocta
Illiger, 1811[1]
Espécies
Ver texto
Uma cutia no Campo de Santana, Parque Municipal do Rio de Janeiro.

Cutia é uma denominação de um grupo de roedores de pequeno porte do gênero Dasyprocta e família Dasyproctidae. São mamíferos roedores de pequeno porte, medindo entre 49 e 64 centímetros e pesando, em média, de 3kg a 6kg.[2] Encontram-se distribuidos em parte da América do Norte, América Central e América do Sul. No Brasil, há a presença de nove espécies deste animal.[2] Vivem em florestas úmidas e são uma espécie herbívora, ou seja, alimentam-se de hortaliças, tubérculos, grãos, sementes e frutas.[3]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

"Cutia", "acuchi", "acouti", "aguti" e "acuti" são originários do termo tupi para o animal: aku'ti.[4]

Reprodução[editar | editar código-fonte]

A fêmea encontra-se em sua maturidade sexual aos 10 meses de idade.[5] Seu ciclo de gestação dura, em média, 104 dias, podendo nascer de 1 a 2 filhotes por ninhada. Os jovens nascem em ninhos forrados de folhas, raízes e cabelos. Eles são bem desenvolvidos no nascimento e podem estar acordados e comendo em uma hora. Os pais são barrados do ninho enquanto os jovens são muito pequenos, mas eles se unem pelo resto de suas vidas. Eles podem viver por até 20 anos, um tempo relativamente longo para um roedor.[6]

Espécies[editar | editar código-fonte]

De acordo com a terceira edição do compêndio taxonômico de Wilson e Reeder, esse grupo necessita de uma revisão, pois diversas espécies são de validade dúbia, atualmente sendo separadas apenas por localização geográfica.[1]

Referências

  1. a b Wilson, D.E.; Reeder, D.M., ed. (2005). Mammal Species of the World 3º ed. Baltimore: Johns Hopkins University Press. ISBN 978-0-8018-8221-0. OCLC 62265494 
  2. a b «Vamos falar um pouco sobre as cutias? | Instituto Últimos Refúgios | Conservação Ambiental». Instituto Últimos Refúgios | Conservação Ambiental. Consultado em 6 de agosto de 2019 
  3. «A Cutia». Aprenda Fácil Editora. Consultado em 6 de agosto de 2019 
  4. «Definition of agouti | Dictionary.com». www.dictionary.com (em inglês). Consultado em 8 de agosto de 2019 
  5. «Como criar cutia». Revista Globo Rural. Consultado em 8 de agosto de 2019 
  6. Burton, Maurice; Burton, Robert (1974). The Funk & Wagnalls wildlife encyclopedia. New York: New York 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Cutia
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Cutia
Ícone de esboço Este artigo sobre roedores, integrado ao WikiProjeto Mamíferos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.