Cyber Monday

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou se(c)ção:
Cyber Monday
Outro(s) nome(s) Segunda-feira cibernética
Celebrado por Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Austrália, Brasil, Portugal, entre outros
Tipo Comercial
Data Segunda-Feira após o Dia de Ação de Graças
Frequência Anual
Relacionado(s) Dia de Ação de Graças, Black Friday

Cyber ​​Monday ou segunda-feira cibernética[1] é um termo de marketing para a segunda-feira após o Dia de Ação de Graças nos Estados Unidos. Empresas de marketing criaram o termo "Cyber ​​Monday" para convencer as pessoas a fazerem compras online. O termo estreou em 28 de novembro de 2005, em um comunicado de imprensa da Shop.org intitulado "Cyber ​​Monday rapidamente se tornando um dos maiores dias de compras em linha do ano".

De acordo com o estudo eHoliday Mood Shop.org/Bizrate Research de 2005, "77 por cento dos varejistas online disseram que suas vendas aumentaram substancialmente na segunda-feira após o feriado, uma tendência que está disponibilizando descontos e promoções em linha na Cyber ​​Monday deste ano (2005)". Em 2010, a comScore relatou que os consumidores gastaram US$ 1,028 bilhão em linha na Cyber ​​Monday (excluindo viagens de 2009: $ 887m), o maior dia de gastos de 2010.

Cyber ​​Monday tornou-se um termo de marketing internacional usado por varejistas on-line no Brasil, Canadá, Chile, China, Colômbia, Alemanha, Irlanda, Japão, Portugal e Reino Unido.

A cyber Monday foi criada em 2005 pela Federação Nacional de Comércio Americana, na tentativa de impulsionar as vendas de final de ano no varejo.

A cyber Monday ocorre na primeira segunda-feira após o feriado de ação de graças (thanksgiving), e logo depois da black Friday, evento este que é conhecido internacionalmente por oferecer grandes descontos em vários produtos das principais lojas dos Estados Unidos.

A grande diferença da black Friday para a cyber Monday está no direcionamento dos descontos, pois enquanto a black Friday oferece descontos em lojas físicas, a cyber Monday apenas faz promoções em vendas efetuadas através da Internet.

Brasil[editar | editar código-fonte]

Assim como a black Friday, que espalhou-se por vários países do mundo, realiza-se a cyber Monday no Brasil desde 2012, com a participação de várias lojas online que oferecem descontos de até 80% em vendas feitas através da Internet. Similar aos Estados Unidos, a cyber Monday Brasil[2] ocorre anualmente na primeira segunda-feira depois da black Friday. Em 2019, ela acontecerá em 25 de novembro.[3]

Assim como na black Friday, uma ótima opção para não cair em armadilhas de falsas promoções é utilizar comparadores de preços como a EconoVia[4] ou Busca-pé, que oferecem um histórico de preços dos produtos de até um ano.

Portugal[editar | editar código-fonte]

Em Portugal, o termo foi introduzido pela primeira vez em 2009.[5] Em 2018, num estudo realizado pelo Observador Cetelem Natal, calculou-se que um quarto da população (25%) aproveitasse a iniciativa, significando um decréscimo de 7% em comparação com o ano anterior.[6]

Referências

  1. «Latino-americanos compram cada vez mais na Black Friday e na Cyber Monday». UOL. 21 de novembro de 2018. Consultado em 25 de novembro de 2018 
  2. «Cyber Monday Brasil». Consultado em 23 de dezembro de 2015 
  3. Agora, Cupom (21 de setembro de 2018). «Curiosidades Black Friday e Cyber Monday». Agora Cupom. Consultado em 21 de setembro de 2018 
  4. Econo via .
  5. Ana Rita Guerra (24 de novembro de 2009). «Lojas online fazem uma semana de descontos loucos». i. Consultado em 25 de novembro de 2018. Cópia arquivada em 25 de novembro de 2009 
  6. António Vasconcelos Moreira (23 de novembro de 2018). «Portugueses aderem mais à Black Friday do que à Cyber Monday e gastam 268 euros». Jornal Económico. Consultado em 25 de novembro de 2018 
Ícone de esboço Este artigo sobre feriados ou datas comemorativas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.