Cyriacus Spangenberg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cyriacus Spangenberg (1528-1604)

Cyriacus Spangenberg (Nordhausen, 7 de Junho de 1528Estrasburgo, 10 de Fevereiro de 1604) foi um teólogo e historiador alemão. Filho do reformador Johannes Spangenberg (1484-1550)[1] . Escreveu mais de 150 obras, dentre elas: Mansfeldi Chronica, Saxonian Chronica, e outras publicações. A sua obra Adelsspiegel[2] talvez seja o tratado mais importante sobre o início da aristocracia moderna. Foi também autor da obra Como os maridos devem se comportar e O que todo Cristão deveria fazer ... Uma Confissão de fé.

Vida[editar | editar código-fonte]

Cyriacus nasceu numa cidade da Turíngia chamada Nordhausen. Quando estudante, foi fiel seguidor de Martinho Lutero em Wittenberg, tendo mais tarde se tornado ministro em Eisleben, e em 1559 Deão Geral da Casa dos Condes Mansfeld. Em Janeiro de 1575, ele perdeu posição dentro do Condado por causa da controvérsia que ele contemporizou com Matthias Flacius (1520-1575)[3] Assim como Flacius, ele ensinava que através do pecado original algumas das faculdades substanciais do homem também se corrompiam. Isto ia de encontro à doutrina de seus oponentes que somente acidentalmente as faculdades se deterioravam. Ele atuou como pastor em Schliz, Hesse, de 1580 até ser expulso em 1590. Depois de sua expulsão, asilou-se durante um curto período de tempo em Vacha antes de se transferir para Estrasburgo, onde seu filho mais jovem, Wolfhart Spangenberg[4] , poeta renomado, vivia, e onde ele veio a falecer no dia 10 de Fevereiro de 1604. Dentre os últimos alunos de Lutero, Spangenberg foi um dos mais proeminentes.

Notas e Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Johannes Spangenberg (* Hardegsen, Alemanha, em 29 de Março de 1484 - † Eisleben, em 13 de Junho de 1550), foi teólogo e reformador alemão.
  2. Adels-spiegel
  3. Matthias Flacius (* Albona, atual Labin, 3 de Março de 1520 - † Frankfurt, 11 de Março de 1575) foi um teólogo luterano.
  4. Wolfhart Spangenberg (* Mansfeld, 6 de Novembro de 1567 - † c1636, foi poeta, humanista e livreiro alemão.