Cyril Pedrosa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cyril Pedrosa
Cyril Pedrosa
CyrilPedrosaLM2015.jpg

Nascimento 22 de novembro de 1972 (45 anos)
Local Poitiers, França
Nacionalidade Francesa
Área(s) de atuação desenhista
Trabalhos de destaque Três Sombras, Auto-Bio, Portugal

Cyril Pedrosa (Poitiers, 22 de novembro de 1972) é um desenhista francês de banda desenhada e um ilustrador.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nasceu na cidade francesa de Poitiers como filho de pais portugueses. Trabalhou como animador nos estúdios da Disney em Paris, onde participou na criação de filmes como O Corcunda de Notre Dame (1996) e Hércules (1997). Em 1998 começou a colaborar com David Chauvel em quatro episódios da série Ring Circus. Com ele, criou a série infantil Brigade Fantôme e a partir de 2004 a série Les Aventures spatio-temporelles de Shaolin Moussaka.

Em 2006 lançou Les Cœurs solitaires, o seu primeiro trabalho com desenhos e letras só dele. Em 2007 segui-se Trois ombres que lhe trouxe reconhecimento internacional como autor de banda desenhada. A obra foi lançada em várias línguas, e teve a edição em português sobre o nome de „Três Sombras“.

Seguiram-se a autobiográfica Autobio (2009) e o romance gráfico Portugal, obra também ela inspirada na vida do autor. Foram agraciados com vários prémios em diferentes países, nomeadamente Portugal obteve aumentada atenção dos críticos internacionais. Em 2013 foi um dos cinco fundadores da revista online de bd, Professeur Cyclope, juntamente com Gwen de Bonneval, Hervé Tanquerelle, Brüno (Bruno Thielleux) e Fabien Vehlmann.[1][2]

Assinatura de Cyril Pedrosa

Obras com edições em português[editar | editar código-fonte]

  • 2012: Portugal
  • 2009: Autobio
  • 2008: Três Sombras
  • 2005: Ring Circus - Os Peralvilhos (com David Chauvel)

Prémios[editar | editar código-fonte]

  • 2008: Les Essentiels d'Angoulême no salão internacional de BD de Angoulême por Trois ombres
  • 2009: Prix Tournesol, no salão internacional de BD de Angoulême por Autobio
  • 2009: Comic Book Award da National Cartoonist Society por Portugal
  • 2009: Eisner Award para Best Writer por Três Sombras (indicado)
  • 2011: Prix Le Point de la BD da revista Le Point por Portugal
  • 2011: Prix Bédélys em Montreal por Portugal
  • 2012: Prix des libraires BD, do Canal BD, por Portugal
  • 2012: Prix de la BD Fnac da Fnac por Portugal
  • 2012: Troféu HQ Mix - Desenhista por Três Sombras (indicado)
  • 2012: 24º Troféu HQ Mix por Três Sombras (indicado)
  • 2013: Millor obra estrangera no salão internacional de BD de Barcelona por Portugal

Referências

  1. Editions Delcourt. «Resumo da biografia de Cyril Pedrosa». Editions Delcourt. Consultado em 18 de Outubro de 2015. 
  2. Lambiek. «Perfil de Cyril Pedrosa na Comiclopdeia Lambiek». Consultado em 18 de Outubro de 2015. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Cyril Pedrosa