D-D

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde agosto de 2011). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Locomotiva da Union Pacific com um arranjo D-D.

Na Classificação AAR, e também na Classificação UIC Simplificada Britânica, o arranjo "D-D" significa que há dois truques ou conjuntos de rodeiros idênticos sob a locomotiva, sendo que cada truque possui quatro eixos de tração. Esta é uma configuração bastante popular para uso em velocidades baixas com pesos altos como trens de minério, por exemplo. Exemplo são as EMD DDM45 da Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM).

Classificações similares

Ver também[editar | editar código-fonte]