DC Animated Universe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde março de 2013). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Uma imagem de vários heróis do DCAU, como visto no episódio "Dark Heart" da Justice League Unlimited

O DC Animated Universe, no português Universo DC Animado, é um termo batizado pelos fãs[1] para se referirem a algumas séries animadas e spin-offs produzidos pela Warner Bros. Animation. Esta continuidade é também por vezes referida como Timmverse[2][3](após o produtor Bruce Timm, a influência criativa mais consistente da continuidade) e no passado, o Diniverse (após escritor Paul Dini, que tinha na sua maioria partiu de Warner Bros. Animation quando Liga da Justiça estava em produção). Costuma-se referir a DC Animated Universe pela sigla DCAU. A seguir estão todas as série animadas do DCAU e os anos de exibição original:

Lista de mídia do DCAU[editar | editar código-fonte]

Embora tenha havido várias séries de animação baseado nos personagens da DC Comics ao longo das décadas, o que é comumente aceito como o "DC Animated Universe" refere-se ao estábulo de shows e filmes que são spin-off de Batman: The Animated Series, a série original neste Universo. Dois personagens fora do normal, Zatanna e Jonah Hex, apareceram em vários episódios da série, mas a primeira série a indicar um universo compartilhado com outros personagens bem conhecidas foi a série subseqüente, Superman: The Animated Series, em que o personagem-título teve encontros com heróis como Flash e Lanterna Verde.

Programas mais antigos, tais como Super Amigos e shows mais recentes, como Teen Titans, The Batman e Young Justice não fazem parte dessa continuidade. Os direct-to-video DC Universe Animated Original Movies, como Superman: Doomsday, Justice League: The New Frontier e Batman: Gotham Knight, também não são considerados parte do DCAU, apesar de utilizar desenhos de personagens semelhantes e grande parte do mesmo elenco de voz como a série anterior do DCAU.

Séries de TV[editar | editar código-fonte]

O DCAU consiste nestas série animadas:

Filmes[editar | editar código-fonte]

O DCAU consiste nestes filmes animados:

Curta-metragens[editar | editar código-fonte]

  • Chase Me (2003) – Um curta-metragem sem diálogo baseado em The New Batman Adventures.
  • Batman Beyond (2014) – Um curta-metragem baseado em Batman Beyond criado por Darwyn Cooke para o 75º aniversário do Batman. O curta apresenta o elenco de voz original do show, assim como camaos de batmans robóticos de The New Batman Adventures, Beware the Batman, The Batman, Batman: The Brave and the Bold, The Dark Knight Returns, de Batman de Michael Keaton, Batman de Adam West e o Batman original de 1939.

Web cartoons[editar | editar código-fonte]

  • Gotham Girls (2000-2002) – Uma série de web cartoons da Macromedia Flash, este se tornou disponível para download no site da WB, e contou com versões DCAU de personagens manifestadas por seus atores originais. Uma minissérie da DC Comics inspirada pela web série foi lançada em 2004. Todas as três temporadas de Gotham Girls foram liberadas no box de DVD da série Birds of Prey lançado em 2008.
  • Lobo (2000) – Uma série de desenhos animados flash estrelando o Lobo, o caçador de recompensas galáctico, o web cartoon é um spin-off do episódio "The Man Principal" de Superman: The Animated Series. A estátua de cera com o mesmo design de personagens como Lobo nesta série apareceu em um episódio de Gotham Girls e ele também fez uma reaparição em Liga da Justiça no episódio "Hereafter" ao tornar-se brevemente um membro da Liga da Justiça. Ambos os exemplos dão apoio que a web série faz parte do DCAU, embora esta ainda é contestada.

Quadrinhos[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: DC Animated Universe (quadrinhos)

Muitas das produções DCAU também tiveram histórias em quadrinhos criadas com base nos personagens de várias séries, embora sua canonicidade é discutível. Os quadrinhos são:

Jogos eletrônicos[editar | editar código-fonte]

Houve também uma série de jogos eletrônicos DCAU tie-in lançados para corresponder com várias séries animadas de televisão e filmes. Alguns desses jogos têm parcelas originais, enquanto outros seguem histórias anteriores; o seu estado DCAU ainda não é conhecido. Os jogos são:

Ano Título Consoles
1993 Batman: The Animated Series Game Boy
1994 The Adventures of Batman & Robin Super NES, Mega Drive/Genesis, Mega-CD/Sega CD, Game Gear
1997 Superman[4] Game Boy
1999 Superman Nintendo 64
2000 Batman Beyond: Return of the Joker Game Boy Color, PlayStation, Nintendo 64
2001 Batman: Chaos in Gotham Game Boy Color
Batman: Gotham City Racer PlayStation
Batman: Vengeance PlayStation 2, Game Boy Advance, GameCube, Xbox, Microsoft Windows
2002 Justice League: Injustice for All Game Boy Advance
Static Shock (jogo cancelado)[5]
Superman: Shadow of Apokolips PlayStation 2, GameCube
2003 Batman: Rise of Sin Tzu Xbox, PlayStation 2, Game Boy Advance, GameCube
Justice League: Chronicles Game Boy Advance
Superman: Countdown to Apokolips

Cinco destes jogos têm voz na qualidade dos elencos dos shows originais. Estes são: The Adventures of Batman e Robin (SEGA CD/Versão Mega CD), Superman, Batman: Vengeance, Superman: Shadow of Apokolips, e Batman: Rise of Sin Tzu. A SEGA CD/Mega CD jogo, The Adventures of Batman e Robin, também apresenta animação de um dos estúdios de animação de Batman: The Animated Series.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • "As Novas Aventuras do Batman" é também considerada a 4ª temporada de "Batman: A Série Animada", pois é uma continuação, mas com os traços de animação mudados. "As Novas Aventuras do Batman" é também chamado de "Batman: Gotham Knights"(Batman: O Cavaleiro de Gotham).
  • "Batman: A Série Animada" e "As Novas Aventuras do Batman" foram chamadas, quando exibidas, de apenas "Batman", é possível ver isso em suas aberturas. Mesmo caso de "Super-Homem: A Série Animada", que foi chamado apenas de "Super-Homem".
  • No Brasil, "Batman: A Série Animada" quando estava sendo exibido de início foi chamado do "O Novo Batman".
  • A partir da 2ª temporada "Super-Homem: A Série Animada" também foi chamado de "The New Superman Adventures"(As Novas Aventuras do Super-Homem).
  • Três séries mudaram o seu nome original no Brasil. "Batman do Futuro" no original chama-se "Batman Beyond" (Batman Além). "Super-Choque" no original chama-se "Static Shock" (Choque Estático). "Liga da Justiça sem Limites" no original chama-se "Justice League Unlimited" (Liga da Justiça Ilimitada).
  • "As Novas Aventuras do Batman" não possui abertura, o desenho foi exibido com a abertura de "Batman: A Série Animada". Na época de sua exibição nos Estados Unidos, existiu uma abertura própria de um desenho chamado "The New Batman/Superman Adventures" (As Novas Aventuras do Batman/Super-Homem), que na verdade era a exibição de "As Novas Aventuras do Batman" e "Super-Homem: A Série Animada" juntos.
  • A ideia de DCAU surgiu apenas com as exibições de "As Novas Aventuras do Batman" e "Super-Homem: A Série Animada". Antes, em "Batman: A Série Animada", o traço de animação era bem diferente do característico do DCAU. "Super-Choque" não foi criado com a intenção de se juntar ao DCAU, só no decorrer da produção dos seus episódios ele entrou no Universo DC Animado; no início da série, o traço de animação era também bem diferente.
  • No DCAU Iria existir um filme que ligaria as séries da "Liga da Justiça" e "Liga da Justiça Sem Limites", chamado "Justice League: Worlds Collide" (Liga da Justiça: Os Mundo Colidem), o filme não foi produzido, mas existiu uma adaptação do filme chamado "Liga da Justiça: Crise em Duas Terras", que não faz parte do DCAU.

Referências

  1. «Justice League Unlimited Season One Review». IGN. Consultado em 30 de Outubro de 2009. 
  2. «Justice League - The Complete Series DVD Review». IGN. Consultado em 8 de Setembro de 2015. 
  3. King, Channing. «10 awesome things about Awesome Con 2014». INDYSTAR. Consultado em 8 de Setembro de 2015. 
  4. «Superman: Game Boy: Video Games». Amazon.com. 21 de Setembro de 2013. Consultado em 14 de Maio de 2014. 
  5. http://www.blockbuster.com/games/catalog/gameDetails/2399[ligação inativa]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Banda desenhada da DC Comics é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.