Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de DECO)
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Deco, veja Deco.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Se procura organização brasileira, veja PRO Teste (Brasil).

A Associação Portuguesa para a Defesa do consumidor (DECO) MHM é a maior e mais antiga associação Portuguesa de Defesa do Consumidor e surgiu a 12 de Fevereiro de 1974, da Associação para o Desenvolvimento Económico e Social (SEDES). Actualmente tem mais de 380 mil associados.

Editora[editar | editar código-fonte]

Em 1978 foi lançado o número zero da revista PRO TESTE (Nov./Dez. 1978) destinada a ser distribuída pelos sócios da associação [1]. Em 1986 iniciou a profissionalização dos seus quadros não só para as questões relacionadas com a divulgação das pesquisas a produtos e serviços, como para a edição da revista Pro Teste que iniciou a sua publicação mensal a partir de Janeiro desse ano. Iniciou-se no mesmo ano o apoio jurídico aos associados.

Esta nova estratégia da DECO foi suportada financeiramente quer pelo Governo Português através do então Instituto de Defesa do Consumidor, quer pela Comissão Europeia - DGXI e pelo BEUC, que é a cúpula europeia das organizações de consumidores.

Dada a necessidade de ampliar e profissionalizar a equipa editorial, a DECO, em conjunto com a Euroconsumers, fundou, em 1991, uma editora - a Edideco, Editores para a Defesa do Consumidor, Lda (atualmente, DECO PROTESTE, Editores, Lda)

Ao longo dos anos, o número de publicações foi-se alargando e, em 2011, a DECO PROTESTE editava, além da PRO TESTE, a TESTE SAÚDE, a DINHEIRO & DIREITOS e a PROTESTE INVESTE.

Sob a designação DECO PROTESTE - Guias Práticos, a DECO edita vários livros sobre os mais variados temas: Informática, Bricolage, Economia, Seguros, Direitos do Consumidor, Direitos do Trabalhador, Saúde, Segurança, entre outros.

A 3 de Fevereiro de 1999 foi feita Membro-Honorário da Ordem do Mérito.[1]

Delegações[editar | editar código-fonte]

Além da sede em Lisboa, a DECO dispõe de delegações no Porto, em Coimbra, em Santarém, em Évora, em Leiria, em Viana do Castelo e em Faro destinadas a prestar atendimento jurídico aos associados e mediar conflitos de consumo.

Outros Serviços[editar | editar código-fonte]

A DECO dispõe, para os seus associados, de outros serviços: números de Telefone exclusivos, dois sítios na Internet com várias funcionalidades exclusivas e protocolos com várias outras organizações e empresas.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O sítio DECO PROTESTE dispõe das seguintes funcionalidades, algumas das quais reservadas a associados[2]:

  • Canais temáticos, por onde se pode aceder a toda a informação publicada desde 2000
  • Vários simuladores, sobre os diversos temas disponíveis no sítio da DECO
  • Artigos e testes comparativos publicados apenas online
  • Artigos das revistas em formato PDF
  • Vários dossiers temáticos
  • Um arquivo onde está reunida toda a informação produzida nas revistas e online desde 1999

O sítio PROTESTE INVESTE dispõe das seguintes funcionalidades, algumas das quais reservadas a associados[3]:

  • Fichas detalhadas dos fundos e das ações analisadas
  • Conselhos de compra das ações e fundos analisados
  • Vários dossiers temáticos
  • Histórico de edições dos boletins financeiros
  • A Minha Carteira, um simulador de carteiras de investimento
  • Vários simuladores e calculadoras (melhores depósitos, preço do ouro, Certificados de Aforro, etc.)

Organizações[editar | editar código-fonte]

É membro dos seguintes grupos da organizações:

  • Comité de Consumidores
  • Comité Económico e Social
  • European Consumer Law Group
  • Bureau Européen des Unions de Consommateurs (BEUC)
  • Consumers International (antiga IOCU)
  • Euroconsumers (antiga Conseur - Consummateues Européens)
  • International Consumers Research and Testing (ICRT)

Referências

  1. «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "DECO Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 6 de fevereiro de 2016 
  2. «Defesa do Consumidor - DECO PROTESTE». www.deco.proteste.pt. Consultado em 1 de julho de 2015 
  3. «Proteste Investe - Os conselhos financeiros da DECO PROTESTE». www.deco.proteste.pt. Consultado em 1 de julho de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]