ADN de transferência

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de DNA de transferência)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde novembro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Plasmídeo Ti (Tumor inducing) com uma região de ADN-T

O ADN de transferência ou ADN-T, é o ADN contido em um vetor plasmidial que possui o potencial de induzir câncer em plantas.

O ADN-T contém genes que codificam para diversos hormônios vegetais, como auxina e citoquinina. Bactérias como Agrobacterium tumefaciens e Agrobacterium rhizogenes que contém o plasmídeo, inserem o ADN de transferência no genoma vegetal, muitas vezes induzindo câncer. Para isso, é necessário que o plasmídeo contenha o gene de virulência.

O plasmídeo com o ADN-T possui a região esquerda (left border) e a região direita (right border). O ADN-T começa a ser transcrito na left border e acaba na região right border, e possui um tamanho de aproximadamente 20 000 pares de bases.

O tumor é formado para gerar um maior aporte de nutrientes para a bactéria invasora.