Damião de Alexandria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
São Damião de Alexandria
Nascimento  
Século VI
Morte  
606
Veneração por Igreja Ortodoxa Copta
Gloriole.svg Portal dos Santos

Damião de Alexandria foi papa de Alexandria entre os anos 578 e 606.[1] Tinha origem síria e exerceu o seu papado num período de grande crise na Igreja egípcia no que diz respeito à aceitação ou não dos dogmas do Concílio de Calcedônia.

"Durante seu patriarcado, desenvolveu-se uma importante escola de escritores em língua copta, autores de homilias, encômios de santos e escritos exegéticos e polêmicos".[2] Entre estes escritores estavam Constantino de Siout e Rufo de Shotep. Damião também escreveu algumas obras das quais só nos restaram dois textos: uma carta sinodal enviada à Igreja síria e uma tradução copta de uma homilia sobre a encarnação (da homilia só há fragmentos).[3]

Damião é considerado santo pela Igreja Ortodoxa Copta.

Referências

  1. Orlandi, p. 377.
  2. Id, p. 377.
  3. Id ibid.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • ORLANDI, T. "Damião de Alexandria". Dicionário Patrístico e de Antigüidades Cristãs. Petrópolis: Vozes, 2002.
Damião de Alexandria
(578 - 606)
Precedido por: Coptic Orthodox Cross.jpg
Papas da Igreja Ortodoxa Copta de Alexandria
Sucedido por:
Doroteu 36.º Anastácio