Dance-punk

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dance-punk
Origens estilísticas Post-punk, funk, disco, EDM, new wave, krautrock
Contexto cultural Final dos anos 70 em Londres, Nova York e Manchester
Instrumentos típicos Baixo - Bateria - Bateria eletrônica - Percussão - Sintetizadores
Popularidade Final dos anos 90.
Aumentou no início dos anos 2000.
Alta popularidade mainstream no final dos anos 2000.
Subgêneros
New rave
Formas regionais
Nova York - Manchester - Glasgow - Londres - Los Angeles
Outros tópicos
Dance-rock

Dance-punk (também conhecido como disco-punk) é um gênero musical que surgiu no final da década de 1970, e está intimamente associado aos movimentos pós-punk e new wave.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Precursores[editar | editar código-fonte]

Muitos grupos na era pós-punk adotaram um estilo mais rítmico, propício para a dança. Essas bandas foram influenciadas pelo funk, disco, synth e outros estilos de dance music na época, além de serem antecipadas por alguns dos anos 1970 do trabalho de Sparks, Iggy Pop. Grupos de influência da década de 1980 incluíram Talking Heads, Public Image Ltd., New Order, Gang of Four,<ref name="Reynolds"> the Higsons, the Pop Group, Maximum Joy, the Brainiacs, Big Boys, Minutemen, Gary Allen, e Red Hot Chili Peppers. A dance-punk de Nova York incluiu Defunkt, Material,[8] James Chance and the Contortions,[1] Cristina Monet, Bush Tetras, ESG, and Liquid Liquid. A cantora punk alemã Nina Hagen teve um hit dance undeground em 1983 com "New York / N.Y.", que misturou seus de punk (e ópera) com batidas de disco.



Referências

  1. Rip It Up and Start Again: Post Punk 1978-1984.Simon Reynolds.Faber and Faber Ltd, abril de 2005, ISBN 0-571-21569-6 (U.S. Edition: Penguin, fevereiro de 2006, ISBN 0-14-303672-6)
Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.