Daniel Azulay

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Daniel Azulay
Nascimento 30 de maio de 1947 (71 anos)
Rio de Janeiro
Cidadania Brasil
Ocupação artista de história em quadrinhos, educador de arte, cartunista, pintor, apresentador de televisão
Empregador TV Educativa do Rio de Janeiro, Rede Bandeirantes, Canal Futura, TV Rá-Tim-Bum
Página oficial
http://www.danielazulay.com.br

Daniel Azulay (Rio de Janeiro, 30 de maio de 1947) é um artista plástico, educador com vasta e diversificada atuação na Imprensa e na TV como desenhista, compositor e autor de livros infanto-juvenis e videogames interativos.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Em 1968, criou a tira de jornal Capitão Cipó, publicada no jornal Correio da Manhã[1] em 1975, lança a Turma do Lambe-Lambe,[2] foi precursor em 1976 apresentando durante dez anos seguidos, programas de TV educativos e inteligentes para o público infantil. Azulay influenciou de forma construtiva a geração dos anos 80 que aprendeu com ele a desenhar, construir brinquedos com a sucata doméstica[3], e a importância da reciclagem e sustentabilidade em defesa do meio ambiente.

Atualmente, viaja pelo mundo expondo, fazendo palestras e conduzindo workshops de arte, educação e responsabilidade social. Premiado no Brasil e no exterior, suas obras de arte contemporânea fazem parte do acervo de coleções particulares e de grandes empresas. Em 2009, ensinou desenho em vídeos para o site UOL[4], fez especiais pro Canal Futura e chegou a participar da TV Rá-Tim-Bum[3]

Em 2013, lançou o site Diboo (www.diboo.com.br), um curso de desenho online para crianças[5].

Exposições e eventos internacionais[editar | editar código-fonte]

  • Montreal Exhibition, Canadá (1968)
  • 33° Salon International d’Humoristes, Bruxelas, Bélgica (1969)
  • Recebeu menção honrosa em exposição no MAM, RJ com seus primeiros trabalhos gráficos em caleidoscópios de acrílico no Salão da Bússola. (1970)
  • Participou de exibição no Salone lnternazionale dei Comics, Lucca, Itália. (1970)
  • Produziu o Álbum Jerusalém/Desenhos de Humor, resultado de sua viagem a Israel (1973)
  • Expôs desenhos de Jerusalém na Galeria lpanema, no RJ e no Gabinete de Artes Gráficas em São Paulo. (1974)
  • Agraciado com o 1º lugar na lnternational Cartoon Exhibition Athens, Atenas, Grécia e teve seu desenho publicado na capa do catálogo da exposição (1975)
  • Produziu cartões, aerogramas e selos comemorativos para os Correios (1977)
  • Ilustrou cartazes do Congresso da ASTA realizados pela Embratur (1977)
  • Representou o Brasil, a convite dos EUA no lnternational Symposium of Books and Broadcasting for Children (1979)
  • Exposição organizada pelo Consulado Britânico no Hotel Rio Palace, (RJ) faz uma retrospectiva de seus desenhos. A exposição contou com a presença da Princesa Anne. (1989)
  • Lança seu Livro de Arte " A Porta/The Door" reunindo desenhos e pinturas de suas exposições realizadas no Brasil, Europa e Estados Unidos (2012)

Referências

  1. Ota; Ucha, Francisco (janeiro de 2011). «Cronologia dos Quadrinhos - Parte 2». Associação Brasileira de Imprensa. Jornal da ABI (362) 
  2. «'Turma do Lambe-Lambe' está de volta para a criançada». Jornal de Jundiaí. 18 de junho de 2015 
  3. a b «Bate-Papo com Daniel Azulay». UOL. 24 de junho de 2009 
  4. Paulo Ramos (21 de julho de 2009). «Daniel Azulay volta a ensinar desenho. Agora na internet». UOL 
  5. «Daniel Azulay ressurge em curso de desenho online para crianças». Folha de S.Paulo. 15 de outubro de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre autor ou ilustrador de banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.