Daniel Bernoulli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Daniel Bernoulli
Matemática
Nacionalidade Flag of the Netherlands.svg Holandês
Nascimento 8 de fevereiro de 1700
Local Groningen, Países Baixos
Morte 17 de março de 1782 (82 anos)
Local Basileia, Suíça
Atividade
Campo(s) Matemática
Alma mater Universidade de Basileia
Tese 1721: Dissertatio inauguralis physico-medica de respiratione
Orientador(es) Johann Bernoulli
Assinatura
Daniel Bernoulli Signature.svg

Daniel Bernoulli (Groningen, 8 de fevereiro de 1700Basileia, 17 de março de 1782) foi um matemático holandês, membro de uma família de talentosos matemáticos, físicos e filósofos. É particularmente lembrado por sua aplicações da matemática à mecânica, especialmente a mecânica de fluidos, e pelo seu trabalho pioneiro em probabilidade e estatística, e o primeiro a entender a pressão atmosférica em termos moleculares.

Ele imaginou um cilindro vertical, fechado com um pistão no topo, o pistão tendo um peso sobre ele, ambos o pistão e o peso sendo suportados pela pressão dentro do cilindro. Ele descreveu o que ocorria dentro do cilindro como:

"Imagine que a cavidade contenha partículas muito pequenas, que movimentam-se freneticamente para lá e para cá, de modo que quando estas partículas batam no pistão elas o sustentam com repetidos impactos, formando um fluido que expande sobre si caso o peso for retirado ou diminuído ..."

Seu relato, apesar de correto, não foi aceito de maneira geral. A maioria dos cientistas acreditava que as moléculas de um gás estavam em repouso, repelindo-se à distância, fixas de alguma forma por um éter. Newton mostrou que PV = constante era uma consequência dessa teoria, se a repulsão dependesse inversamente com o quadrado da distância. De fato, em 1820 um inglês, John Herapath, deduziu uma relação entre pressão e velocidade molecular, e tentou publicá-la pela Royal Society (a academia de ciências britânica). Foi rejeitada pelo presidente, Humphry Davy, que replicou que igualando pressão e temperatura, como feito por Herapath, implicava que deveria existir um zero absoluto de temperatura, uma idéia que Davy relutava em aceitar.

Foi contemporâneo e amigo íntimo de Leonard Euler. Mudou-se para São Petersburgo em 1724, como professor de matemática, mas foi infeliz lá, e uma doença em 1733 lhe deu uma desculpa para retirar-se. Retornou para a Universidade de Basel, onde ocupou a cátedra sucessiva de medicina, metafísica e filosofia natural, até a sua morte.

É o mais antigo escritor que tentou formular uma teoria cinética de gases, aplicando-a para explicar a Lei de Boyle-Mariotte.

Página frontal de Hydrodynamica (1738)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]