Daniel Elmer Salmon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Translation to english arrow.svg
A tradução deste artigo está abaixo da qualidade média aceitável. É possível que tenha sido feita por um tradutor automático ou por alguém que não conhece bem o português ou a língua original do texto. Caso queira colaborar com a Wikipédia, tente encontrar a página original e melhore este verbete conforme o guia de tradução.
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde abril de 2017)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.
Daniel Elmer Salmon
Dr. Daniel Salmon
Conhecido(a) por Salmonella Choleraesuis
Nascimento 23 de julho de 1850
Mount Olive Township Nova Jersey
Morte 30 de agosto de 1914 (64 anos)
Nacionalidade  Estados Unidos
Campo(s) Microbiologia

Daniel Elmer Salmon (23 de julho de 1850 - 30 de agosto de 1914) foi um médico veterinário, microbiologista estadunidense. Ele passou sua carreira estudando doenças de animais, principalmente de suínos, para o governo dos Estados Unidos entre o final do século XIX e início do século XX. O nome da bactéria Salmonella surgiu a partir de uma homenagem a sua pessoa, após ser o primeiro microbiologista a visualizar uma bactéria do gênero, a Salmonella Choleraesuis. [1]


Carreira[editar | editar código-fonte]

Dr. Salmon abriu uma clínica veterinária em Newark, Nova Jersey , em 1872. Posteriormente, mudou-se para Asheville, Carolina do Norte, em 1875, por motivos de saúde. Em 1877, ele realizou uma série de palestras na Universidade da Geórgia sobre microbiologia e ciência veterinária. Salmon também trabalhou para o Estado de Nova Iorque em estudos sobre doenças suínas e para o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos. Em 1883 ele foi convidado a estabelecer uma divisão veterinária do Departamento de Agricultura. Tornou-se Secretário da Indústria Animal norte-americana de 1884 a 1905. Sob sua gestão, a pleuro-pneumonia contagiosa bovina foi erradicada dos Estados Unidos. Em 1906 se mudou para o Uruguai onde fundou o Departamento de Veterinária da Universidade de Montevidéu. Retornou ao seu país em 1911 para trabalhar na região oeste com novos estudos microbiológicos.

Homenagem[editar | editar código-fonte]

Salmonella é um gênero de enterobactérias que recebeu este nome em 1900, provindo de salmon, criado por J. Lignières, outro pesquisador que decidiu homenagear Daniel Salmon por ter sido o primeiro o homem a descobrir o gênero de bacilos entéricos ao qual as salmonellas fazem parte. Foi Daniel Salmon que visualizou em primeira mão a Salmonella cholerae suis em suínos na década de 1880.[2]

Morte[editar | editar código-fonte]

Daniel Salmon morreu no dia 30 de agosto de 1914, em Butte - Montana, devido a uma severa pneumonia.[3]

Participações [4][editar | editar código-fonte]

  • Associado honorario do Royal College of Veterinary Surgeons da Grã-Bretanha
  • Presidente e membro do Comitê Executivo, American Veterinary Medical Association
  • Membro da "Academia de Ciências de Washington"

Referências