Daniela Ruah

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Daniela Ruah
Outros nomes Dani
Nascimento 2 de dezembro de 1983 (33 anos)
Portugal
Nacionalidade portuguesa
norte-americana
Ocupação Actriz
Atividade Como actriz: 2000–presente
Cônjuge David Paul Olsen
Outros prêmios
Globos de Ouro: Actriz revelação (2010)
IMDb: (inglês)

Daniela Sofia Korn Ruah (Boston, Massachussets, 2 de dezembro de 1983) é uma actriz luso-estadunidense.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Daniela Ruah num cartaz publicitário da telenovela portuguesa Tu e Eu

Nascida no seio de uma família judaica, filha do médico Moisés Carlos Bentes Ruah (nascido a 18 de julho de 1955), primo em segundo grau de Fernando Ulrich, e de sua primeira mulher Catarina Lia Azancot Korn (nascida a 22 de agosto de 1958), estudou na St. Julian´s School, em Cascais. A sua carreira teve início aos 16 anos, no papel de Sara[1] na telenovela Jardins Proibidos, ao mesmo tempo que prosseguia os seus estudos no ensino secundário.

Aos 18 anos de idade, Daniela Ruah partiu para Londres, no Reino Unido, dando início ao seu bacharelato em Artes do Palco na London Metropolitan University.

Regressa a Portugal com o objectivo de desenvolver a sua carreira profissional, destacando-se em papéis de relevo na televisão, cinema e teatro.

Participou no programa da RTP Dança Comigo, versão portuguesa de Dancing with the Stars da ABC (Estados Unidos), tendo sido a vencedora da 1ª temporada.

Em 2007 foi para Nova Iorque com o intuito de estudar e começar uma carreira internacional.

Estudou no Lee Strasberg Theatre and Film Institute[2] de Nova Iorque, continuando a sua carreira.

Como primeiro trabalho nos Estados Unidos, Daniela Ruah participou no spin-off de NCIS e acompanha a nova série NCIS: Los Angeles como uma das co-protagonistas.

Trivialidades[editar | editar código-fonte]

Fala inglês e português fluentemente e consegue manter uma conversação também em espanhol e em francês.

Tem uma distinta marca de nascimento no olho direito, cujo nome científico é "Nevo de Ota", que lhe cobre parte da irís e lhe dá a aparência de ter um olho de cor diferente. No entanto, a visão da actriz não é afectada por este fenómeno.

Em 2005, foi apresentadora do cinemagazine "Cinebox" da TVI.

A sua família é quase inteiramente de origem judaica, essencialmente sefarditas e alguns asquenazitas, com excepção de uma trisavó, que era espanhola.

Desempenhou a mesma personagem, "Kensi Blye", em três diferentes séries: "NCIS: Investigação Criminal" (2009), "Investigação Criminal Los Angeles" (2009), e "Hawaii Five-0" (2010).

Foi nomeada para os Teen Choice Awards, em 2010, na categoria de Melhor actriz numa série de televisão de acção, pelo seu trabalho em “NCIS: LA”, porém não levou a estatueta para casa. Não obstante, Daniela deslumbrou na passadeira vermelha antes do início do evento.[3]

Foi eleita uma das 100 mulheres mais sexys do mundo, pela revista norte-americana Esquire, uma das revistas mais prestigiadas do mundo na sua categoria.

Tem dois cães: "Roxy" (uma cadela pastora-alemã cruzada que adoptou de um canil) e "Ash" (um pastor-alemão branco).

Televisão[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]

  • 2006 - Canaviais, como Margarida
  • 2008 - Blind Confession
  • 2009 - Safe Haven, como Angela Bowery
  • 2009 - Midnight Passion, como Sophie
  • 2011 - Tu & Eu, como Sophia
  • 2012 - Red Tails, como Sofia
  • 2012 - Brave - Indomável, como Princesa Merida (voz portuguesa)
  • 2016 - Excuse, como Brenda

Prémios[editar | editar código-fonte]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

É sobrinha-bisneta do Capitão Artur Carlos de Barros Basto[6], uma referência no início do século XX para os cripto-judeus e marranos portugueses.

Teve uma relação de dez meses com o actor António Pedro Cerdeira, com quem contracenou em "Tu e Eu". No entanto, o facto da actriz se ter mudado para Nova Iorque teve o seu peso, e os dois resolveram terminar a relação.

Posteriormente, e durante as gravações do filme de George Lucas "Red Tails", conheceu o actor Robert Kazinsky com quem manteve uma relação por cerca de 3 anos.

Durante as gravações da série da CBS na qual participa, conheceu David Paul Olsen, duplo e irmão mais velho do seu parceiro da série americana NCIS: Los Angeles, Marty Deeks.

Na semana de 9 a 15 de setembro de 2013, revelou que ficou noiva de David.

Semanas mais tarde, anunciou no programa Alta Definição, da SIC, que estava grávida de um menino. O bebé nasceu no dia 30 de Dezembro de 2013[7] e chama-se River Isaac Ruah Olsen.

Em 19 de Junho de 2014 casou-se com o duplo norte-americano David Olsen no Farol Hotel, em Cascais.

No dia 18 de Abril de 2016 postou uma foto no seu Instagram, revelando que está grávida do seu segundo filho (desta vez uma menina). A 4 de Setembro de 2016 deu à luz a sua segunda filha, Sierra Esther Ruah Olsen em Los Angeles.

Referências

  1. «Daniela Ruah IMDB Filmography». Internet Movie Database (em inglês). Imdb.com. Consultado em 17 de julho de 2009 
  2. Ruah, Daniela. «Daniela Ruah TV.com biography» (em inglês). Tv.com. Consultado em 17 de julho de 2009 
  3. Jornal de Notícias. Jn.sapo.pt http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Gente/Interior.aspx?content_id=1637515  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  4. «Daniela Ruah galardoada actriz revelação nos Globos de Ouro». Destak. Destak.pt. 24 de maio de 2010 Jornal Destak  Verifique data em: |data= (ajuda)
  5. «2010 Teen Choice Award Nominees» (em inglês). Chiff.com. Consultado em 17 de junho de 2010 
  6. «Daniela Ruah apela a mobilização por Barros Basto». Ruadajudiaria.com 
  7. Daniela Ruah já é mamã, Diário Digital

Ligações externas[editar | editar código-fonte]