Danilo Di Prete

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Danilo Di Prete (Pisa, 17 de junho de 1911São Paulo, 8 de março de 1985) foi um pintor, ilustrador e cartazista ítalo-brasileiro.

Prêmios

1932 - 2º Prêmio Caselli - ( Lucca )

1933 - 2º Prêmio - Esposizione dei Giovani ( Livorno )

1933 - Prêmio de Aquisição - Golfo de La Spezia ( La Spezia )

1938 - 1º Prêmio - Prêmio del Colore ( Viareggio )

1939 - Prêmio de Aquisição - Esposizione degli Artisti Toscani ( Firenze )

1940 - Prêmio de Aquisição - Prêmio Cremona ( Cremona )

1940 - Intercâmbio cultural Itália - Alemanha - Hannover e Dusseldorf artisti italiani in armi ( Roma, Wien, Berlin, Dusseldorf )

1941 a 1944 - Exposizione Nazionale ( Napoli )

- Exposizione Nazionale ( Firenze ) - Quadriennale di Roma ( Roma )

1946 a 1950 - 23 Primeiros Prêmios em concursos para cartazes –

- Exposições de propaganda, como representante do Brasil ( Alemanha, USA, França ) - Salão Nacional de Arte Moderna ( Rio de Janeiro ) - Salão Paulista de Arte Moderna ( São Paulo )

1950 - Prêmio para os melhores cartezistas - 30 anos de Cartazes - ( Nova York )

1952 a 1953 - Prêmio de aquisição e insenção do juri Salão Nacional de Arte Moderna do Rio de Janeiro.

- 2º Prêmio s.a.p.s

1953 - 2º Bienal de São Paulo

1955 - 3º Bienal de São Paulo

1957 - 4º Bienal de São Paulo

- Medalha de ouro - Salão Paulista de Arte Moderna ( São Paulo )

1958- 2º Prêmio " Governo do Estado " Salão Paulista de Arta Moderna ( São Paulo )

1959- Medalha de Ouro - Salão Paulista de Arte Moderna ( São Paulo )

1959- 5º Bienal de São Paulo - Prêmio Oderbrecht

- Prêmio de aquisição - Museum of Modern Art Dallas ( USA )

1960 - Bienal de Venezia

1961 - 6º Bienal de São Paulo - Sala Especial

- Prêmio " Garaffa " 1º Bienal de Córdoba ( Argentina )

1963 - 7º Bienal de São Paulo - 1º Prêmio - Concurso Internacional para cartazes

1964 - Exposições Coletivas ( Roma , Hannover, Tel Aviv, Bruxelas, Washington, Londres )

1965 - 8º Bienal de São Paulo - 1º Prêmio - Pintura.

1966 - Prêmio Internacional "Il Fiorino" ( Firenze - Itália ) - Medalha de ouro - Galeria Navicella ( Viareggio )

1967 - 9º Bienal de São Paulo, Sala Especial

- Recebe a cruz e título de" Cavaliere Ufficiare della Republica Italiana" pelo seu desempenho artístico fora da Itália, seu país de origem .

1969 - 10 º Bienal de São Paulo - Sala Especial - Prêmio Aquisição Itamaraty.

1970 - Individual - Punta Del Este - Uruguai

- 2º Bienal de Medelim , Colômbia

1971- 11º Bienal de São Paulo - Sala Especial - Prêmio Aquisição - Arte Cinética

1972 - Museu de Arte Moderna , Mineápolis, USA

- 3ª Bienal de Medellin , Colômbia

1973 - 12º Bienal de São Paulo - Sala Especial - Prêmio Aquisição Itamaraty -Geometria Semovente

1975 - 13º Bienal de São Paulo - Sala Brasília

1982- Medalha Cicillo Matarazzo - Centro Cultural Francisco Matarazzo

1984 / 1985 - Os Grandes Mestres do Abstracionismo Brasileiro - SAM (Sociedade dosAmigos das Artes ) - Exposição Internacional

1985 - "Homenagem à Memória de Danilo Di Prete" - Pag. 250 do Catálogo Geral da 18ª Bienal de São Paulo.

- Participa da Mostra "Tradição e Ruptura" - Fundação Bienal de São Paulo - Síntese de Arte e Cultura Brasileira

- Galleria Chap Chap - Homenagem Póstuma - O Mundo Cósmico de Danilo di Prete

           Câmara do  comércio de Lucca

1986 - Museu de Arte Contemporânea José Pancetti ( Campinas )

1989 - Pintura Abstrata Efeito "Bienal " ( 1954 - 1963 )

1994 - Participa da Mostra "Brasil Século XX”

Fonte: Acervo da Família. 8 de março de 2015

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.