Danny Boy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Under construction icon-yellow.svg
Este artigo carece de caixa informativa ou a usada não é a mais adequada.


Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde novembro de 2013). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Danny Boy - (Frederic E. Weatherly) - a letra em inglês foi escrita no início do século 20, mais precisamente em 1910 com canção composta em 1913, foi baseada em um clássico do folclore irlandês conhecida por Londonderry Air.

Elvis Presley a gravou em 1976 sendo lançada no mesmo ano no disco From Elvis Presley Boulevard. A versão de Elvis pode ser considerada uma das melhores, segundo aqueles que a ouviram. Uma das muitas versões fez parte do filme "Memphis Belle: A fortaleza voadora".

Cover[editar | editar código-fonte]

A música também é cantada pelo grupo Celtic Woman, atualmente nas vozes de Éabha McMahon, Susan McFadden, Máiréad Carlin, com acompanhamento no violino tocado por Máiréad Nesbitt
A música é considera uma das mais populares do século XX, foi cedida para ser gravada a primeira vez a Elsie Griffin, porém ao longo dos anos foi regravada inúmeras vezes, por artistas como Johnny Cash, Roy Orbison, Eric Clapton, Declan Galbraith e Eva (Marie) Cassidy.
A música se popularizou ao ser reproduzida com muita frequência em funerais nos Estados Unidos, porém não é uma canção litúrgica.

Filme[editar | editar código-fonte]

No filme Era uma Vez no Oeste de Sergio Leone de 1968, Maureen McBain (Atriz: Simonetta Santaniello) filha de Brett McBain canta essa canção no início do filme aproximadamente aos 20 minutos.

No seriado When Calls the Heart (Quando Chama o Coração), Elizabeth Tatcher (Erin Krakow) canta a música em um recital com seu aluno em homenagem a seu noivo, e xerife Jack Thornton (Daniel Lissing) quando ele havia partido em uma importante e perigosa missão, emocionando a todos.