Darlene Zschech

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde setembro de 2011) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Darlene Zschech
perfil de darlene zschech

Darlene Zschech
Informação geral
Nome completo Darlene Joyce Zschech
Nascimento 8 de setembro de 1965 (49 anos)
Origem Brisbane, Queensland
País  Austrália
Gênero(s) gospel, Pop, Congregacional pentecostal
Instrumento(s) vocal
Extensão vocal Soprano
Período em atividade 1980 - atualmente
Gravadora(s) Hillsong Music Australia
INO
Integrity
Afiliação(ões) Hillsong (1988 - 2012)
Página oficial Site Oficial da Cantora
signature Darlene

Darlene Joyce Zschech (play /dɑrˈln ˈɛk/ (Brisbane, Queensland, Australia, 8 de Setembro de 1965) é uma cantora, compositora e pastora pentecostal australiana[1] , cantando também no Ministério de Louvor Hillsong Live. Atualmente, é casada com Mark Zschech e mãe de Amy-Wood Zschech, Chloe Zschech e Zoe Jewel Zschech. A cantora, em 2010 deixou a Igreja Hillsong, depois de 25 anos conduzindo. A cantora foi para a HopeUC, Hope Unlimited Church, perto de Sydney, com o seu marido.[2] [3]

Darlene Zschech fez da música uma parte integrante de sua vida, desde criança. Darlene tem formação em Balé Clássico e também em Técnica Vocal. Aos dez anos já aparecia em um espetáculo de televisão, cantando e dançando. Como adolescente, Darlene continuou na música, enquanto trabalhava com jingles de empresas como McDonalds, KFC e Coca-Cola Diet.

Aos dezoito anos Darlene conheceu o futuro marido Mark que foi uma parte vital do time de liderança na Hillsong Church em Sydney que é possivelmente a maior igreja da Austrália, com uma congregação atual de mais de 15.000 pessoas. A Hillsong Church avalia o louvor contemporâneo em adoração e tem uma reputação para excelência com seus coros e músicos. Darlene lidera o "Grupo de Adoração & Departamento de Artes e Criatividade" na Hillsong Church. Mark é o Gerente de Mídia e Diretor do Ministério de Televisão. Darlene conduz a adoração na maioria das semanas no canal Hillsong Television, sinal que chega a mais de 125 países diferentes.

Darlene também é diretora da Conferência Hillsong. Em 2003, mais de 18.000 pessoas compareceram de tempo integral à conferência no SuperDome e no Parque Olímpico em Sydney. Darlene também lançou dois álbuns solos, "Kiss Of Heaven" (em 2003) e "Change Your World" (em 2005).


Aclame ao Senhor (Shout to the Lord)[editar | editar código-fonte]

A música "Shout to the Lord" (em português "Aclame ao Senhor"), é muito utilizada em igrejas de todo o mundo. Esta canção é música tema do primeiro álbum ao vivo co-produzido com a Integrity Music, que caracteriza Darlene Zschech como uma líder de adoração feminino proeminente. "Aclame ao Senhor" foi nomeada como 'Canção do Ano' para os prêmios Bird 1998 e foi nomeado como 'Álbum do ano' para os prêmios Bird 1997 e foi registrado em mais de 20 álbuns diferentes. Em 2000, Darlene Zschech recebeu uma indicação para o Prêmio Bird como Compositor do ano.

O interessante foi ouvir dela que não há nenhum fato sobrenatural que a levasse a compor esta canção.

“Simplesmente senti que naquele dia fluiria uma canção que tocaria as nações.” Darlene até hoje fica surpresa e se diz embaraçada com o resultado desta canção. É uma canção simples e natural, diz ela com uma humildade que é natural a pessoas cheias do Espírito que hoje sem dúvida é uma das mais elogiadas worship leader do mundo. Ela não quer qualquer glória porque sabe que não é sua.

É a pureza de seu coração e seu amor profundo por Deus que a criou até se tornar a líder aclamada que é hoje. “A melodia é simples e a letra é toda tirada da bíblia,” Explica: ” Veio de um tempo de reflexão diante de Deus.” Embora tivesse experiência com composição desde os 15 anos, ela nunca se considerou uma compositora, mas recorda, sempre recebia uma inspiração.

“Era um daqueles dias escuros em minha vida,” relembra. “Me sentia pressionada, tudo estava sobre mim, parecia estar tudo fora do centro da vontade de Deus e eu abri o livro de Salmos numa busca desesperada pela sua paz, sentei-me ao velho piano, toquei as teclas de forma avulsa, sem formar acordes, e assim Aclame ao Senhor fluiu de meu coração". Ela sorri quando descreve a cena. “O piano era um presente de meus pais quando eu tinha cinco anos somente. Era velho e eu estou certa que estava até um pouco desafinado. Eu não estava pensando na canção de forma consciente,” diz, “mas eu cantei isto e cantei isto, inúmeras vezes, e esta canção me levantou, me ergueu.” Esta foi a forma como esta canção nasceu, nas profundidades de um desespero e me levou para as alturas de fé. Passaram os dias e a canção não abandonou, não a deixou e ela começou a perceber que poderia ser sua canção de adoração, seu hino de vitória.

Terrivelmente tímida e sentindo-se um pouco envergonhada, ela comentou com Geoff Bullock (então Pastor de Música em Hills CLC, Igreja onde é pastora) e Russell Fragar que ela havia composto uma canção. “Minhas mãos ficaram suadas e eu tocava com dificuldade, estava tão nervosa,” diz. “Eu continuei tocando e parando, pedindo desculpa a eles por estarem presenciando tal situação, acabei pedindo para que eles ficassem de costas para mim, voltados para a parede enquanto tocava a canção. Depois quando viraram para mim disseram: É magnífica! Linda demais! Darlene estava segura que não era apenas cortesia da parte deles.

Quando Pastor Brian Houston (Pastor Presidente da Hill CLC) ouviu a canção pela primeira vez, ele predisse que seria cantado em torno do mundo. O resto é história…

De início nem registramos a canção e comecei a receber letras com traduções das pessoas no mundo inteiro que cantavam a canção em suas igrejas, diz Darlene. “Na Nigéria um menino de sete anos de idade me agradeceu por ter escrito esta música.”

“Aclame ao Senhor foi escrito no tempo em que eu era uma menininha para Deus,

a menininha que correu para o pai no momento do desespero”. - Darlene Zschech

uando você canta esta canção você tem a oportunidade de sentir o que Darlene sentiu no dia em que o Senhor lhe deu esta canção. Darlene agarra sua Bíblia e volta ao Salmo 96. Você pode ver sua paixão pela palavra brilhando nos olhos quando ela descreve o que isto quer dizer para ela. Ela consegue ver a qualquer hora o mar rugindo e as montanhas se curvando diante do Senhor. Você pega um vislumbre que inspirou a canção, o amor verdadeiro e coração puro enfocado completamente em seu Senhor amado.

Desde que foi escrito em 1993, “Aclame ao Senhor” foi gravado em mais de 30 álbuns, só no Brasil para mais de 10 e traduzida para muitos idiomas. É a canção de adoração favorita de centenas de milhares de crentes em torno do mundo, é tocada em milhares de igrejas, convenções, concertos, casamento e até enterros. Foi indicado como “Canção do Ano” em 1998 pelo Dove Award (Prêmio dado nos EUA para os maiores destaques da música cristã – uma espécie de Grammy).

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns solo
  • 1990: Present History
  • 1993: Pearls & Gold
  • 1997: I Believe The Promise
  • 2000: The Power of Your Love: Symphony
  • 2003: Kiss of Heaven
  • 2005: Change Your World
  • 2010: Simply Darlene
  • 2011: You Are Love
  • 2013: Revealing Jesus: A Live worship experience
  • 2015: In Jesus Name: A Legacy of Worship & Faith

Álbuns com a Hillsong[editar | editar código-fonte]

  • 1988: Spirit And Truth
  • 1990: Show Your Glory
  • 1992: The Power of Your Love
  • 1993: The Stone's Been Rolled Away
  • 1994: People Just Like Us
  • 1995: Friends In High Places
  • 1996: God Is In The House
  • 1997: All Things Are Possible
  • 1998: Touching Heaven, Changing Earth
  • 1999: By Your Side
  • 2000: For This Cause
  • 2001: You Are My World
  • 2002: Blessed
  • 2003: Hope
  • 2003: UP: Unified Praise
  • 2004: For All You've Done
  • 2005: God He Reigns
  • 2006: Mighty To Save
  • 2007: Saviour King
  • 2008: This Is Our God
  • 2009: Faith + Hope + Love
  • 2010: Con Todo
  • 2010: A Beautiful Exchange
  • 2011: God Is Able
  • 2012: Cornerstone

Livros[editar | editar código-fonte]

  • Adoração, Um Coração de Obediência
  • 2004: Adoração Extravagante
  • 2006: O Beijo do Céu
  • 2009: The Great Generational Transition
  • 2011: Cantarei Teu Amor Pra Sempre (Delirious)
  • 2012: A Arte de mentorear pessoas

Músicas[editar | editar código-fonte]

Músicas escritas e co-escritas por Darlene Zschech:

  • Stone's Been Rolled Away (1993)
    • "Your Name"
  • "People Just Like Us" (1994)
    • "Shout to the Lord"
  • Friends in High Places (1995)
    • "Praise His Holy Name"
    • "Rock of Ages", with Geoff Bullock
    • "Lord I Give Myself"
  • God Is in the House (1996)
    • "God Is in the House" with Russell Fragar
    • "And That My Soul Knows Very Well" with Fragar
    • "Let the Peace of God Reign"
    • "Walking in the Light"
    • "I Will Run To You"
  • All Things Are Possible (1997)
    • "All Things Are Possible"
    • "I Live to Know You"
    • "I Know It"
    • "Glory to the King"
  • Touching Heaven Changing Earth (1998)
    • "That's What We Came Here For" with Fragar
    • "I Will Bless You Lord"
    • "Jesus You're All I Need"
    • "The Potter's Hand"
  • By Your Side (1999)
    • "Sing of Your Great Love"
    • "Free to Dance"
  • For This Cause (2000)
    • "Here to Eternity", with David Moyse
    • "It Is You"
  • You Are My World (2001)
    • "Irresistible"
    • "Glorious"
    • "To You"
    • "Worthy Is the Lamb"
  • Blessed (2002)
    • "Blessed", with Reuben Morgan
  • Hope (2003)
    • "My Hope"
    • "Call"
    • "You Are"
  • For All You've Done (2004)
    • "You Are Worthy"
    • "Glorify Your Name", with David Holmes
  • God He Reigns (2005)
    • "Saviour"
    • "Know You More"
  • Mighty to Save (2006)
    • "More to See", with Mia Fieldes, Deborah Ezzy (Zschech's sister), Donia Makadonez and Nigel Hendroff
    • "I Believe"
    • "At the Cross", with Reuben Morgan
  • Saviour King (2007)
    • "One Thing" with Marty Sampson
  • This Is Our God (2008)
    • "High and Lifted Up", with Mike Guglielmucci
  • Faith + Hope + Love (2009)
    • "His Glory Appears", with Marty Sampson
  • A Beautiful Exchange (2010)
    • "Believe", with Reuben Morgan
  • God is Able (2011)
    • "Cry of the Broken"
  • You Are Love (2011)
    • "Under Grace"
    • "Saving Me"
    • "You Are Love"
    • "We are Your People"
    • "I Will Wait"
    • "Beautiful"
    • "Hope for Humanity"
    • "Faithful"
    • "Cry of the Broken"
    • "Face to face"
  • Revealing Jesus (2013)
    • "God Is Here"
    • "In Jesus' Name"
    • "Victor's Crown"
    • "Yours Forever (You Took the Nails)"
    • "My Jesus I Love Thee (I Love You Jesus)"
    • "Your Name/Cry of the Broken"
    • "I Am Yours"
    • "Shout to the Lord" (DVD only)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Powell, Mark Allan. Encyclopedia of Contemporary Christian Music. First printing ed. Peabody, Massachusetts: Hendrickson Publishers, 2002. p. 1067. ISBN 1-56563-679-1
  2. Bélgica Gospel. Darlene Zschech deixa Hillsong depois de 25 anos de serviço Página visitada em 1 de março de 2013
  3. Christina Post. Hillsong's Darlene Zschech Leaves After 25 Years of Service Read more at (em inglês) Página visitada em 1 de março de 2013
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.