Darling in the Franxx

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Darling in the Franxx
ダーリン・イン・ザ・フランキス
Dārin In Za Furankisu
Informações gerais
Gêneros Drama, ficção científica, mecha, romance
Anime
Produção Yōsuke Toba
Mikio Uetsuki
Eiichi Kamagata
Direção Atsushi Nishigori Toshifumi Akai (co-director)
Roteiro Atsushi Nishigori
Naotaka Hayashi
Música Asami Tachibana
Estúdio de animação CloverWorks
Studio Trigger

A-1 Pictures

Emissoras de televisão originais Japão Tokyo MX, GYT, GTV, BS11, ABC, Mētele, HOME, BSS, BBC, AT-X
Emissoras de televisão lusófonas Brasil Rede Brasil, PlayTV, TV WA, Loading
Plataformas de streaming Brasil Crunchyroll, Funimation
Período de exibição 13 de janeiro de 2018 7 de julho de 2018
Episódios 27
Mangá
Escrito por Code:000
Ilustrado por Kentaro Yabuki
Editoração Shueisha
Impressão Jump Comics
Revistas Shōnen Jump+
Demografia Shonen
Período de publicação 14 de janeiro de 2018 25 de janeiro de 2020
Volumes 8
Mangá
Wikipe-tan face.svg Portal Animangá

Darling in the Franxx (ダーリン・イン・ザ・フランキス Dārin In Za Furankisu?), abreviado como DarliFra (ダリフラ DariFura?) [1] é um anime de ficção científica e romance japonês, produzido pelo CloverWorks e animado pelo estúdio Trigger Junto Com a A-1 Pictures que estreou em 13 de janeiro de 2018.[2] A série foi anunciada na Anime Expo de 2017.[3] Uma adaptação para mangá por Kentaro Yabuki e uma série de tirinhas mangá começaram a ser produzidos em 14 de janeiro de 2017.[4]

O anime começou sua distribuição internacional, simultaneamente a seu lançamento, utilizando o serviço da Crunchyroll. A Funimation começou o dublar a série em 1 de fevereiro.[5][6]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Em um futuro pós-apocalíptico, a humanidade está sob ameaça constante de criaturas gigantes conhecidas apenas como "urrossauros" (叫竜?), que são subdivididos em pelo menos quatro categorias de acordo com a sua dimensão: "Conrad",[nota 1] "Mohorovičić",[nota 2] "Gutenberg"[nota 3] e "(Super) Lehmann"[nota 4]. Empurrados para a beira da aniquilação, os remanescentes da humanidade que são conduzidos por uma misteriosa organização conhecida como APE abandonam a superfície da Terra, agora um deserto sem vida, para a relativa segurança de cidades fortalezas móveis conhecidas como "latifúndios". Para defender os latifúndios dos urrossauros, casais de crianças chamadas "parasitas", se tornam pilotos de robôs gigantes conhecido como "Franxx" (フランキス Furankisu?).

Hiro é um prodígio ex-candidato a piloto que por não conseguir sincronizar com sua parceira não completam o programa de treinamento. Enquanto ignorando a cerimônia de formatura da sua classe, Hiro encontra Zero Two, uma infame pilota de Franxx com sangue de urrossauro e chifres vermelhos que o leva como seu parceiro para deter outro ataque de urrossauro. O rumor é que quem pilota com ela três vezes morre, mas ela começa imediatamente a gostar dele e a chamá-lo de "amado" (darling).

Definições[editar | editar código-fonte]

Darling in the Franxx se passa em um futuro distópico e pós-apocalíptico onde os remanescentes da civilização humana abandonaram a superfície do planeta. Adultos e crianças existem em ambientes contrastantes entre si. Os adultos vivem em cidades tecnológicas (latifúndios) chamados de "plantações" (plantations).

As crianças são chamadas de "parasitas", sendo elas destituídos de individualidade, e educadas apenas para pilotarem Franxxs em pares (um menino e uma menina) para defender a humanidade. Os parasitas são mantidos em isolamento da sociedade adulta em ambientes apelidados de "gaiolas", que simulam uma época antiga, para que eles possam desenvolver as respostas emocionais necessárias para pilotarem um Franxx.

Mídia[editar | editar código-fonte]

Anime[editar | editar código-fonte]

O anime de 24 episódios foi dirigido por Atsushi Nishigori com Nishigori e Naotaka Hayashi, Masayoshi Tanaka desenhando os personagens, Shigeto Koyama como designer mecânico, Hiroyuki Imaishi como diretor de animação e Asami Tachibana como compositor.[7] A música tema de abertura Kiss of Death é interpretada por Mika Nakashima e produzida por Hyde,[8] enquanto que a música de encerramento, intitulada Torikago, (ep 1-6), Manatsu no Setsuna (ep. 7), Beautiful World (ep. 8-12, 14), Hitori (ep.13), Escape (ep. 16-20) e Darling (ep. 21-23) são interpretadas por XX.me (lê-se "Kiss Me").

No Brasil, o anime está sendo trasmitido pela Loading, em parceria com o serviço de streaming Crunchyroll, desde 24 de janeiro de 2021.[9]

Mangá[editar | editar código-fonte]

Uma adaptação para mangá por Kentaro Yabuki e um spin-off em formato de tirinhas mangá começaram a serem lançados no site Shonen Jump Plus em 14 de janeiro de 2018.

Data de lançamento no Japão ISBN Japonês
1 2 de fevereiro de 2018[10] ISBN 978-4-08-881454-4
2 2 de maio de 2018[11] ISBN 978-4-08-881493-3
3 4 de outubro de 2018[12] ISBN 978-4-08-881620-3
4 4 de fevereiro de 2019[13] ISBN 978-4-08-881752-1
5 2 de maio de 2019[14] ISBN 978-4-08-881854-2
6 4 de setembro de 2019[15] ISBN 978-4-08-882048-4
7 4 de janeiro de 2020 ISBN 978-4-08-882196-2

As tirinhas pararam de ser produzidas em 11 de julho de 2018[16] e foram compiladas em um livro colorido já em 4 de outubro do mesmo ano.[17]

Data de lançamento no Japão ISBN Japonês
1 4 de outubro de 2018[18] ISBN 978-4-08-881621-0

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

A trilha sonora foi composta por Asami Tachibana e publicada pela Aniplex. O primeiro álbum contém 21 músicas e estava incluso na primeira coletânea de Blu-ray e DVD lançada em 25 de abril de 2018.[19] O segundo álbum também contém 21 músicas e foi adicionado na quarta coletânea de Blu-ray e DVD lançada em 25 de julho de 2018.[20] O terceiro disco contém 23 músicas, contido na quinta coletânea de Blu-ray e DVD lançada em 29 de Agosto de 2018.[21]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Darling in the Franxx recebeu diversas críticas positivas, mais especificamente devido a seus elementos de amadurecimento dos personagens. Entretanto alguns temas da série foram recebidos com controvérsia, tendo o fim da série recebido reações mistas. Eric Van Allen do site Kotaku descreveu a série como dispondo de "momentos brilhantes que vão ficar comigo tal como o fim apressado e áspero", e sendo "realmente fascinante acompanhá-la, com exceção do fim".[22]
Skyler Allen do A Piece of Anime gostou da primeira metade da série, descrevendo-a como "excelente, partindo de uma história mecha com muito coração por trás", mas descreveu a conclusão como "uma bagunça tematicamente incoerente".[23]
Kyle Rogacion do Goomba Stomp descreveu-a como "uma história de amadurecimento dirigida pelos próprios personagens", porém criticou o fim pois "evitou tudo de grande que foi feito e optou pela saída mais fácil".[24]
No entanto Random Curiosity fez uma crítica mais positiva sobre o final da série, salientando que a série será "bem lembrada pelas temporadas futuras" e que nos "manteve fixos e ansiosos por cada novo episódio que viria ao ar".[25]

Notas

  1. Urrossauros pequenos, (alguns metros de altura), são chamados de nível "Conrad", retirado da descontinuidade de Conrad em homenagem ao sismólogo Victor Conrad.
  2. Urrossauros de tamanho médio (dezenas de metros de altura) são chamados de nível "Mohorovičić", devido a descontinuidade de Mohorovičić, nomeada em homenagem ao sismólogo Andrija Mohorovičić.
  3. Urrossauros gigantes, (centenas de metros de altura) são chamados de nível "Gutenberg", devido a descontinuidade de Gutenberg em homenagem ao sismólogo Beno Gutenberg.
  4. Os maiores Urrossauros, (Quilômetros de altura), devido a descontinuidade de Lehmann em homenagem ao sismólogo Inge Lehmann

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «有楽町マルイ 「ダリフラ」展開催決定!». darli-fra.jp (em Japanese). 27 de fevereiro de 2018. Consultado em 9 de novembro de 2018. Cópia arquivada em 9 de novembro de 2018 
  2. «DARLING in the FRANXX Anime Video Reveals Story Teaser, January Premiere». Anime News Network. 18 de outubro de 2017. Consultado em 9 de novembro de 2018. Cópia arquivada em 19 de outubro de 2017 
  3. «Studio Trigger Announces 3 New Anime Titles (Updated)». Anime News Network. 2 de julho de 2017. Consultado em 9 de novembro de 2018. Cópia arquivada em 3 de julho de 2017 
  4. «To Love-Ru's Kentaro Yabuki's New Manga is DARLING in the FRANXX». Anime News Network. 15 de dezembro de 2017. Consultado em 9 de novembro de 2018. Cópia arquivada em 16 de dezembro de 2017 
  5. «Funimation Announces Start of DARLING in the FRANXX SimulDub». Twitter. 1 de fevereiro de 2018. Consultado em 9 de novembro de 2018 
  6. «Crunchyroll Announces Winter 2018 Simulcast License Acquisitions». Crunchyroll. 8 de janeiro de 2018. Consultado em 9 de novembro de 2018. Cópia arquivada em 31 de janeiro de 2018 
  7. «Studio Trigger, A-1 Pictures' DARLING in the FRANKXX Anime Reveals Video, Visual, Staff». Anime News Network. Consultado em 12 de Novembro de 2018. Cópia arquivada em 8 de julho de 2017 
  8. «DARLING in the FRANXX Anime Reveals January 13 Premiere, Opening Theme Song». Anime News Network. 13 de Dezembro de 2017. Consultado em 12 de Novembro de 2017. Cópia arquivada em 14 de Dezembro de 2017 
  9. pxjk. «DARLING in the FRANXX, Mob Psycho 100 e muito mais! Confira a nova leva de animes dublados da Crunchyroll». Crunchyroll. Consultado em 1 de julho de 2019 
  10. ダーリン・イン・ザ・フランキス 1 [Darling in the Franxx 1]. Shueisha (em Japanese). Consultado em 27 de Outubro de 2019 
  11. ダーリン・イン・ザ・フランキス 2 [Darling in the Franxx 2]. Shueisha (em Japanese). Consultado em 27 de Outubro de 2019 
  12. «ダーリン・イン・ザ・フランキス 3» [Darling in the Franxx 3]. Shueisha (em Japanese). Consultado em 27 de Outubro de 2019 
  13. «ja:ダーリン・イン・ザ・フランキス 4» [Darling in the Franxx 4]. Shueisha. Consultado em 27 de Outubro de 2019 
  14. «ダーリン・イン・ザ・フランキス 5» [Darling in the Franxx 5]. Shueisha (em Japanese). Consultado em 27 de Outubro de 2019 
  15. «ダーリン・イン・ザ・フランキス 6» [Darling in the Franxx 6]. Shueisha (em Japanese). Consultado em 27 de Outubro de 2019 
  16. «Darling in the Franxx 4-Panel Spinoff Manga Ends». Anime News Network. 9 de Julho de 2018. Consultado em 14 de Novembro de 2018 
  17. «Mato's "Darling in the Franxx" 4-koma Compilation Launched! - WOWJAPAN». 5 de Outubro de 2018. Consultado em 14 de Novembro de 2018 
  18. ダーリン・イン・ザ・フランキス 1 [Darling in the Franxx! 1]. Shueisha (em Japanese). Consultado em 14 de Novembro de 2018 
  19. ダーリン・イン・ザ・フランキス 1 [Darling in the Franxx 1]. darli-fra.jp (em Japanese). Consultado em 14 de Novembro de 2018 
  20. ダーリン・イン・ザ・フランキス 4 [Darling in the Franxx 4]. darli-fra.jp (em Japanese). Consultado em 14 de Novembro de 2018 
  21. ダーリン・イン・ザ・フランキス 5 [Darling in the Franxx 5]. darli-fra.jp (em Japanese). Consultado em 14 de Novembro de 2018 
  22. «Darling In The Franxx Doesn't Make Good On Its Promises». Kotaku. Consultado em 16 de Novembro de 2018 
  23. «Darling in the Franxx Review - A Piece of Anime». Consultado em 16 de Novembro de 2018 
  24. «'Darling in the Franxx' Check-in: Ending With a Whimper | Goomba Stomp». Consultado em 31 de agosto de 2018 
  25. «'Darling in the Franxx - 24 (END)». Consultado em 16 de Novembro de 2018