Davíð Oddsson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Davíð Oddsson
Nascimento 17 de janeiro de 1948 (74 anos)
Reiquiavique
Cidadania Islândia
Filho(s) Þorsteinn Davíðsson
Alma mater
Ocupação político, diplomata, escritor, advogado, jornalista, banqueiro, poeta
Prêmios
  • Ordem ao Mérito Excepcional

Davíð Oddsson (Reykjavík, 17 de Janeiro de 1948) é um político islandês e a personalidade que mais tempo ocupou o cargo de Primeiro-Ministro da Islândia, de 1991 a 2004,[1] com quatro eleições seguidas ganhas.[2]

Filho de um médico e de uma secretária que, não estando casados, o deixaram a viver com o avô materno em Selfoss, uma pequena cidade no Sul da Islândia. Quando maior de idade, estudou na Universidade da Islândia.

Antes de se tornar Primeiro-Ministro, foi o Presidente da Câmara de Reykjavík de 1982 a 1991.[1][2] Empreendeu obras notáveis numa capital europeia, todavia afastada do continente europeu. Entre os momentos mais célebres deste tempo estão a inauguração do Perlan, um edifício de grandes dimensões, com um restaurante panorâmico, criado por Ingimundur Sveinsson.

Depois de Primeiro-Ministro, não querendo afastar-se da política, tornou-se Ministro dos Negócios Estrangeiros. Contudo, hoje ocupa o cargo de Governador do Banco Central da Islândia.

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Davíð Oddsson

Referências

  1. a b Lentz, Harris M. (2014). Heads of States and Governments Since 1945 (em inglês). Abingdon-on-Thames: Routledge. p. 1534. ISBN 9781134264971 
  2. a b «Davíð Oddsson: Bjargvættur eða skaðvaldur?». Kjarninn (em islandês). 7 de março de 2020. Consultado em 4 de dezembro de 2021 
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) político(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.