David Almeida

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
David Almeida
David Almeida em 2019
73.º Prefeito de Manaus
Período 1º de janeiro de 2021
à atualidade
Vice-prefeito Marcos Rotta
Antecessor(a) Arthur Virgílio Neto
48.º Governador do Amazonas[nota 1]
Período 9 de maio de 2017
a 4 de outubro de 2017
Vice-governador Nenhum
Antecessor(a) José Melo de Oliveira
Sucessor(a) Amazonino Mendes
Presidente da
Assembleia Legislativa do Amazonas
Período 1º de fevereiro de 2017
a 1º de fevereiro de 2019
Antecessor(a) Josué Neto
Sucessor(a) Josué Neto
Deputado estadual do Amazonas
Período 1º de fevereiro de 2007
a 1º de fevereiro de 2019
Dados pessoais
Nome completo David Antônio Abisai Pereira de Almeida
Nascimento 8 de fevereiro de 1969 (52 anos)
Manaus, Amazonas
Nacionalidade brasileiro
Partido PSL (1995-2006)
PAN (2006-2007)
PMN (2007-2011)
PSD (2011-2018)
PSB (2018-2019)
Avante (2019-presente)
Religião adventista
Profissão advogado

David Antônio Abisai Pereira de Almeida (Manaus, 8 de fevereiro de 1969),[1] mais conhecido como David Almeida, é um político brasileiro filiado ao Avante. É o atual prefeito da cidade de Manaus.[2]

Almeida foi deputado estadual por três mandatos consecutivos, sendo eleito pela primeira vez em 2006. O segundo mandato foi em 2010 e o terceiro em 2014. Em dezembro de 2016 foi eleito presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas para o biênio 2017/2018.

Em 2017 Almeida foi governador interino do Amazonas após a cassação de José Melo de Oliveira e seu vice pelo Tribunal Superior Eleitoral. Ele ficou por 149 dias como chefe do executivo estadual.

Nas eleições de 2018, Almeida foi candidato ao Governo do Estado do Amazonas, ficando em terceiro lugar. Em 2020 foi candidato à prefeitura de Manaus pela primeira vez e foi eleito com 51,27% dos votos (466 970 votos) no segundo turno.[3]

Biografia e carreira política[editar | editar código-fonte]

David Almeida nasceu e foi criado no Morro da Liberdade, na Zona Sul de Manaus. Filho de Rosa Almeida e Benedito Almeida, é Bacharel em Direito pela Universidade Luterana de Manaus (Ulbra)[4] e membro da Igreja Adventista do Sétimo Dia.[5]

Foi deputado estadual por três mandatos consecutivos, sendo eleito pela primeira vez em 2006. O primeiro disputado pela Coligação Amazonas Melhor (PTN, PSC, PAN e PTC), eleito com 7.569 votos. O segundo em 2010, pela Coligação Avança Amazonas (PRB, PP, PMDB, PSC, PRTB, PHS, PMN), eleito com 24.479 votos. No período de 2014/2015 assumiu a presidência da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) da Assembleia Legislativa do Amazonas. O terceiro e atual mandato conquistado nas eleições de 2014, pela Coligação (PROS, PSD, PSDB, PSC), conquistou 24.189 votos. Neste mandato assumiu a Liderança do Governo junto ao Poder Legislativo, assim como, a Liderança do PSD e a 2ª Vice-presidência da casa pelo período de 2015/2016. David Almeida foi eleito Presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas para o biênio 2017/2018, na eleição ocorrida em 20 de dezembro de 2016, com 17 votos.[4]

Em 2017 foi governador interino do Amazonas após a cassação de José Melo de Oliveira e seu vice pelo TSE.[6] A legislação brasileira estabelece que a cassação de um governador e de seu vice, declara temporariamente a presidência da Assembleia Legislativa no exercício, até as eleições internas suplementares, a partir das quais ocorreram em agosto de 2017.[7]

Exerceu a função de líder da base governista na Assembleia Legislativa do Amazonas, presidente da Comissão de Políticas Sobre Drogas da Casa Legislativa Estadual, presidente da Comissão de Constituição e Justiça e foi presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas nos anos 2017 e 2018, concorrendo ao cargo de governador do estado em 2018, ficando na terceira posição com 417.203 votos.[8]

Em 2019 deixou o Partido Socialista Brasileiro e filiou-se ao Avante.[9] No mesmo ano, Lúcia Melo Ferreira Almeida, esposa de David Almeida, morreu em decorrência de um câncer no fígado.[10]

Em 2020, David Almeida foi eleito prefeito da cidade de Manaus pelo Avante, virando os votos no segundo turno sobre Amazonino Mendes, do PODE, que terminou em primeiro lugar no primeiro turno.[3]

Precedido por
Arthur Virgílio Neto
Prefeito de Manaus
20212024
Sucedido por
Precedido por
José Melo de Oliveira
Governador Interino do Amazonas
2017
Sucedido por
Amazonino Mendes

Notas

  1. David assumiu o cargo de governador do Amazonas de forma interina na condição de presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas após o Tribunal Superior Eleitoral cassar o mandato do então governador José Melo de Oliveira.

Referências

  1. «David Almeida». Tribunal Superior Eleitoral (TSE). 2020. Consultado em 16 de novembro de 2020 
  2. «David Almeida toma posse como prefeito de Manaus». G1. 1 de janeiro de 2021. Consultado em 1 de janeiro de 2021 
  3. a b «David Almeida, do Avante, é eleito prefeito de Manaus». G1 Amazonas. 29 de novembro de 2020. Consultado em 29 de novembro de 2020 
  4. a b «Saiba quem é David Almeida, novo governador do Amazonas». G1 Amazonas. 9 de maio de 2017. Consultado em 30 de novembro de 2020 
  5. Litaiff, Paula (10 de agosto de 2020). «Adventista, pré-candidato a prefeito de Manaus diz que dispensa apoio da 'esquerda'». Revista Cenarium. Consultado em 30 de novembro de 2020 
  6. «TSE cassa governador do Amazonas e determina nova eleição para o cargo». TSE. 4 de maio de 2017. Consultado em 4 de maio de 2017 
  7. «Após cassação de Melo, David Almeida assume governo do Amazonas». G1. 9 de maio de 2017. Consultado em 9 de maio de 2017 
  8. «Biografia—David Almeida». Governo do Estado do Amazonas. 9 de maio de 2017. Consultado em 11 de maio de 2017 
  9. «Após deixar o PSB, David Almeida anuncia que irá presidir diretório estadual do Avante». A Crítica. Consultado em 28 de maio de 2019 
  10. Veras, Gabriel (5 de dezembro de 2019). «Velório da ex-primeira-dama Lúcia Almeida é marcado por saudades e comoção». A Crítica. Consultado em 16 de novembro de 2020