David Charles Lindberg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de David C. Lindberg)
Ir para: navegação, pesquisa
David Charles Lindberg
Nascimento 15 de novembro de 1935
Local Minneapolis
Morte 6 de janeiro de 2015 (79 anos)
Local Madison, Wisconsin

David C. Lindberg (Minneapolis, 15 de novembro de 19356 de janeiro de 2015) foi um historiador estadunidense da ciência. Seu foco principal era a história da ciência medieval e moderna inicial, especialmente ciência física e a relação entre religião e ciência. Lindberg foi autor ou editor de muitos livros e recebeu inúmeras bolsas e prêmios. Também serviu como presidente da Sociedade da História da Ciência e em 1999, foi destinatário de seu maior prêmio em sua vida acadêmica: a medalha Sarton.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Foi professor emérito Hilldale da História da Ciência e ex-diretor do Instituto de Pesquisa em Ciências Humanas, na Universidade do Wisconsin-Madison. Lindberg era formado em física pela Universidade Northwestern e tinha Ph.D. na história e filosofia da ciência pela Universidade de Indiana. O professor Lindberg foi autor ou editor de mais de 12 livros, tendo recebido inúmeras bolsas e prêmios de organizações prestigiosas, incluindo a Fundação John Simon Guggenheim, a Fundação Nacional da Ciência, Doação Nacional para as Ciências Humanas, o Instituto de Estudos Avançados de Princeton, Sociedade da História da Ciência, a Academia Medieval da América, e a Universidade de Wisconsin-Madison. Serviu como presidente da Sociedade da História da Ciência e foi o destinatário de da medalha Sarton.[1] Com Ronald Numbers, ele co-editou duas antologias do relacionamento entre a Igreja e a ciência. Também com Numbers, Lindberg editou os 8 volumes da Cambridge History of Science.

Publicações selecionadas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «ACMRS Distinguished Lecture Series in Medieval and Renaissance Studies - Fall 2001 - David C. Lindberg» (em inglês). Arquivado desde o original em 20 de agosto de 2013. Consultado em 2 de outubro de 2013.