David Dacko

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
David Dacko

David Dacko (24 de março de 1930 - 20 de novembro de 2003) foi o primeiro Presidente da República Centro-Africana de 14 de agosto de 1960 a 1 de janeiro de 1966, e posteriormente tornou-se o terceiro presidente do país de 21 de setembro de 1979 até 1 de setembro de 1981.[1] Mesmo depois de ser afastado do poder duas vezes por golpes de Estado, Dacko continuou a ser um político muito ativo e foi candidato presidencial com um grupo leal de seguidores. Dacko foi, assim, uma figura importante na política de seu país por um período de mais de meio século.

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Serre, Jacques. "Six ans de gouvernement Dacko (1960–1966)." Revue française d'études politiques africaines (Paris) 117 (1975):73–104.
  • Kalck, Pierre. Historical Dictionary of the Central African Republic. 3rd ed. Trans. Thomas O'Toole. Metuchen, N.J. & London: The Scarecrow Press, 2004.
  • Kalck, Pierre. Central African Republic: A Failure in Decolonization. London: Pall Mall, 1971.
  • Webb, Raymond Porter. "State Politics in the Central African Republic" Ph.D. dissertation, University of Michigan, Wisconsin, 1996.
  • Titley, Brian (1997), Dark Age: The Political Odyssey of Emperor Bokassa, ISBN 0-7735-1602-6, Montreal: McGill-Queen's University Press, OCLC 36340842 .
  • Saulnier, Pierre. Le Centrafrique: Entre mythe et réalité. Paris, L’Harmattan, 1998.
Cargos políticos


Precedido por
Barthélemy Boganda
Primeiro-ministro da República Centro-Africana
1959–1960
Sucedido por
posto abolido
Precedido por
none
Presidente da República Centro-Africana
1960–1966
Sucedido por
Jean-Bédel Bokassa
Precedido por
nenhum (Imperador Bokassa)
Presidente da República Centro-Africana
1979–1981
Sucedido por
André Kolingba