David Finch

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
David Finch
10.10.10DavidFinchByLuigiNovi1.jpg

Finch na New York Comic Con em Manhattan (2010).
Nascimento 4 de julho de 1971 (47 anos)[1]
Local Montreal, Quebec, Canadá
Nacionalidade Canadense
Área(s) de atuação roteirista, desenhista e arte-finalista
Trabalhos de destaque Batman: The Dark Knight
The New Avengers
Prêmios 2009: Prêmio Joe Shuster como Melhor Artista
Site oficial [Sítio oficial]

David Finch (Montreal, Quebrec, 4 de julho de 1971) é uma quadrinista canadense, famoso desde os anos 90 por seus trabalhos em Cyberforce no Top Cow Productions, bem como numerosos títulos subsequentes para a Marvel Comics e DC Comics, tais como The New Avengers, Moon Knight, Ultimatum, e Brightest Day.[2][3]Tem sido o responsável pela arte da capa do álbum de 2008 da banda Disturbed, e o conceito de arte para filmes como Watchmen.[2][3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

David Finch começou sua carreira nos quadrinhos em 1995 na revista Cyberforce da Top Cow Productions,[4][3] depois que o criador da série e fundador da Top Cow, Marc Silvestri abandonou os roteiros e a arte da revista. Finch cocriou Ascension da Image Comics com Matt "Batt" Banning.[5][3] Depois, ele trabalhou nas três primeiras edições de Aphrodite IX da Image Comics com David Wohl.[4][3]

Em 2003, Finch retornou aos quadrinhos, agora na Marvel Comics, para um arco de um ano na Ultimate X-Men com o escritor Brian Michael Bendis. Depois disso, a dupla mudou-se em 2004 para a The Avengers, onde desfizeram a equipe de super-heróis da Marvel[6] para depois relançarem como The New Avengers, mostrando um elenco radicalmente diferente.[7] Em 2006, Finch trabalhou na remodelada revista do Cavaleiro da Lua, Moon Knight, com o escritor Charlie Huston[4] e no mesmo ano, ele ilustrou Fallen Son: The Death of Captain America #4, estrelada pelo Homem-Aranha. Em 2008, trabalhou na minissérie Ultimatum da linha Ultimate Marvel ao lado de Jeph Loeb. Além do trabalho nas páginas interiores das revistas em quadrinhos, ele também desenhou várias capas, onde pode-se destacar as do crossover "Hulk Contra o Mundo"; X-Men #200 e da saga "X-Men: Complexo de Messias"; e da minissérie X-Infernus.[4]

Finch ilustrou a capa do álbum do álbum Indestructible (2008) da banda Disturbed, bem como o conceito de design para a adaptação cinematográfica de Watchmen de Alan Moore.

Em janeiro de 2010, Finch deixou a Marvel para assinar um contrato de exclusividade com a DC.[8] Finch trabalhou com Grant Morrison na Batman #700 (agosto de 2010), uma edição de aniversário.[9] Em julho de 2010, a DC anunciou que Finch escreveria e desenharia uma nova revista dedicada ao Cavaleiro das Trevas batizada de Batman: The Dark Knight, cujo primeiro arco lida com os casos mais sobrenaturais do detetive.[10][11] A série foi lançada em janeiro de 2011 ["cover date"],[12] e relançada em novembro do mesmo ano como parte da reformulação da linha da editora, Os Novos 52.[13]

Em julho de 2012, como parte da San Diego Comic-Con, Finch foi um dos seis artistas que, juntamente com co-publishers da DC, Jim Lee e Dan DiDio, participaram da produção de "Heroic Proportions", um episódio do reality show da série de televisão Face Off do Syfy, no qual os competidores foram incumbidos de criar um super-herói original da DC Comics, tendo Finch e outros artistas da DC A disposição para ajudá-los a desenvolver suas idéias. Como recompensa, o personagem campeão, Infernal Core de Anthony Kosar, foi destaque na revista Justice League Dark #16 (março de 2013),[14][15] lançada em 30 de janeiro de 2013.[16] O episódio estreou pelo canal Syfy em 22 de janeiro de 2013, como o segundo episódio da quarta temporada.[17]

Depois da edição 15 da revista Batman: The Dark Knight , Finch abandona a série regular e ao lado de Geoff Johns lançam em fevereiro de 2013, uma nova revista da Liga da Justiça, Justice League of America[4][18] e a minissérie Forever Evil em setembro de 2013.[19]

Em junho de 2014, o jornal USA Today publicou a primeira imagem da Mulher-Maravilha por David Finch, que ao lado de sua esposa, Meredith Finch, assume a série mensal da amazona, Wonder Woman, na edição 36 (19 de novembro de 2014) quando termina a fase sob o comando do roteirista Brian Azzarello e do desenhista Cliff Chiang.[20][21] Meredith escreveu a série e David Finch desenhou, até o encerramento do reboot Os Novos 52 em maio de 2016.[21]

Em 26 de março de 2016, durante durante o evento WonderCon, em Los Angeles, EUA, a DC Comics anunciou todos os detalhes das revistas que serão publicadas com a iniciativa Rebirth (Renascimento, em português), assim como os autores envolvidos.[22] Em junho de 2016, David Finch ao lado do escritor Tom King assumiram a equipe de criação da revista quinzenal Batman vol. 3.[23][24]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • Finch foi agraciado com o prêmio Yellow Kid em 2000.
  • Finch conquistou o Joe Shuster Award como Melhor Artista em 2009.[25]
  • Em 2017, David Finch, ao lado do escritor Tom King, conquistou o Eisner Awards (um dos mais prestigiados prêmios norte-americanos da indústria de quadrinhos) pela Melhor História Curta, “Good Boy” da Batman Annual #1.[26]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

DC Comics[editar | editar código-fonte]

Image Comics[editar | editar código-fonte]

  • Aphrodite IX (desenhos): #0–2; (com Clarence Lansang): #3 (2000–2001)
  • Ascension (desenhos): #1–5; (entre outros artistas): #6–11 (1997–1999)
  • Codename: Strikeforce #7 (1994)
  • Cyberforce #15–22, 24–29, 31, Annual #1 (1994–1997)
  • Darkness (assistente de desenho): #20–21; (desenhos): #39 (1999–2001)
  • Ripclaw (edição especial da Wizard) #½ (1995)
  • Tales of the Witchblade (com Billy Tan) #2 (1997)

Image Comics e DC Comics[editar | editar código-fonte]

Image Comics e Marvel Comics[editar | editar código-fonte]

Marvel Comics[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «David Finch». IMDb. Consultado em 29 de abril de 2018 
  2. a b «Wondercon Special Guests». San Diego Comic-Con International. Comic-Con Magazine: 18–19. Inverno de 2010 
  3. a b c d e «David Finch». DC (em inglês). 4 de março de 2012 
  4. a b c d e David Finch no Grand Comics Database
  5. «David Finch». Lambiek Comiclopedia. 21 de dezembro de 2006. Cópia arquivada em 20 de maio de 2016 
  6. Manning, Matthew K.; Gilbert, Laura, ed. (2008). «2000s». Marvel Chronicle A Year by Year History. London, United Kingdom: Dorling Kindersley. p. 323. ISBN 978-0756641238. Writer Brian Michael Bendis would turn the Avengers' world on its end with this shocking new crossover event drawn by artist David Finch. 
  7. Cowsill, Alan; Gilbert, Laura, ed. (2012). «2000s». Spider-Man Chronicle Celebrating 50 Years of Web-Slinging. London, United Kingdom: Dorling Kindersley. p. 289. ISBN 978-0756692360. Spider-Man had always been thought of as a solo hero and one who wouldn't work well in a team. Writer Brian Michael Bendis shattered that myth in the mid-2000s when he made Spidey a member of the New Avengers. 
  8. Phegley, Kiel (5 de dezembro de 2010). «Exclusive: David Finch Signs with DC Comics». Comic Book Resources. Cópia arquivada em 1 de abril de 2016 
  9. Cowsill, Alan; Dolan, Hannah, ed. (2010). «2000s». DC Comics Year By Year A Visual Chronicle. London, United Kingdom: Dorling Kindersley. p. 342. ISBN 978-0-7566-6742-9. Written by Grant Morrison with art by Tony S. Daniel, Andy Kubert, Frank Quitely, [David] Finch, and Richard Friend, this milestone issue of Batman featured an all-star roster of talent. 
  10. Segura, Alex (13 de julho de 2010). «David Finch Takes on Batman: The Dark Knight as Writer/Artist». DC Comics. Cópia arquivada em 21 de abril de 2016. Starting in November, Finch will take the reins of Batman: The Dark Knight, a new ongoing Batman title featuring the hyper-detailed and kinetic artwork Finch has become known for plus his unique and yet classic interpretation of the Caped Crusader. 
  11. Renaud, Jeffrey (13 de julho de 2010). «Gotham Calling: Finch On The Dark Knight». Comic Book Resources. Cópia arquivada em 3 de março de 2016 
  12. Manning, Matthew K.; Dougall, Alastair, ed. (2014). «2010s». Batman: A Visual History. London, United Kingdom: Dorling Kindersley. p. 317. ISBN 978-1465424563. Writer/artist David Finch saw the birth of his own Batman title in the form of this new ongoing series that allowed the popular artist to explore his own Batman stories. 
  13. Manning "2010s" in Dougall, p. 321: "While the original series had begun at the start of 2011 and only ran five issues, it was decided to relaunch the title in order to have the series restart with the rest of the New 52 books."
  14. Melrose, Kevin (16 de janeiro de 2013). "Dan DiDio, Jim Lee and DC artists to appear on Syfy’s Face Off". CBR.com.
  15. "DAN DIDIO, JIM LEE AND DC ENTERTAINMENT'S STELLAR TALENT TO GUEST STAR ON SYFY'S HIT COMPETITION SERIES 'FACE OFF'". DC Comics (Burbank, California). 16 de janeiro de 2016.
  16. Nguyen, Minhquan (1 de fevereiro de 2013). "Justice League Dark #16 – Review". Weekly Comic Book Review.
  17. "Heroic Proportions", Face Off, Season 4, Episode 2. Syfy, 22 de janeiro de 2013.
  18. Truitt, Brian (27 de agosto de 2012). «JLI annual leads to an all-new Justice League of America». USA Today. Consultado em 8 de setembro de 2012. Arquivado do original em 9 de setembro de 2012 
  19. Manning "2010s" in Dougall, p. 339: "Writer Geoff Johns and artist David Finch revealed the true definitions of evil in this series."
  20. Campbell, Josie (1 de julho de 2014). «Meredith, David Finch Discuss Taking Wonder Woman More 'Mainstream'». Comic Book Resources. Cópia arquivada em 18 de novembro de 2014. Azzarello and Chiang hand over the keys to the Amazonian demigod's world to the just-announced husband-and-wife team of artist David Finch and writer Meredith Finch.  Archive requires scrolldown
  21. a b «Mulher-Maravilha | Veja a primeira imagem da nova fase da HQ». Omelete 
  22. «Rebirth revelado: autores e detalhes das novas revistas da DC Comics - UNIVERSO HQ». www.universohq.com. Consultado em 29 de abril de 2018 
  23. Schedeen, Jesse (17 de junho de 2016). «Tom King and David Finch on Relaunching Batman for DC Rebirth». IGN. Cópia arquivada em 26 de junho de 2016 
  24. Renaud, Jeffrey (16 de junho de 2016). «Tom King Says 'Batman' is 'Psychotic, Inspiring' and Doesn't Need a Rebirth». Comic Book Resources. Cópia arquivada em 17 de junho de 2016. As part of DC's Rebirth relaunch, King is joined by superstar artist David Finch on the now bi-weekly Batman. 
  25. «2009 Nominees and Winners». Joe Shuster Awards. 2009. Consultado em 28 de dezembro de 2011. Cópia arquivada em 23 de março de 2016 
  26. «DC Entertainment congratulates all the 2017 Eisner Award nominees and winners!». DC (em inglês). 22 de julho de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre David Finch
Precedido por
Marc Silvestri
Artista da Cyberforce
1994–1997
Sucedido por
Kirk Van Wormer
Precedido por
———
Artista da The New Avengers
2005–2006
Sucedido por
Frank Cho
Precedido por
———
Artista da Batman: The Dark Knight
2011–2013
Sucedido por
Ethan Van Sciver
Precedido por
Cliff Chiang
Artista da Wonder Woman vol. 4
2015–2016
Sucedido por
Miguel Mendonça