De cujus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
para de cujus, em genealogia, veja De cujus (genealogia)

"De cujus" é uma expressão forense que se usa no lugar do nome do falecido, e autor da herança, nos termos de um inventário.

Usa-se 'de cujus' para masculino e feminino, singular e plural, portanto não recebe flexão de gênero nem de número.

Expressão latina, derivada de "de cujus sucessione agitur", de cuja sucessão se trata, utilizada na área jurídica para designar o falecido, usada comumente como sinônimo de 'pessoa falecida', numa figura eufemística substitutiva de 'defunto' ou 'morto'. Situa-se, portanto, no contexto do direito sucessório, do caso daquela pessoa falecida, que deixou bens, e cuja sucessão (direito de herança) é regulada pelas normas jurídicas.

Usa-se muito as palavras ''decujo'' e as variantes ''decuja'' (para indicar a viúva) e ''decujinhos'' (para os filhos do falecido), mas essas formas não existem.