Deanna Troi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde abril de 2012). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Deanna Troi
Personagem fictícia de Star Trek: The Next Generation
Nascimento 29 de março de 2336
Betazed
Sexo Feminino
Espécie Humana (lado paterno)
Betazoides (lado materno)
Ocupação Conselheira (USS Enterprise-D e USS Enterprise-E)
Oficial Diplomática (USS Titan)
Afiliações Frota Estelar
Federação Unida dos Planetas
Família Ian Andrew Troi (pai)
Lwaxana Troi (mãe)
Kestra Troi (irmã)
William T. Riker (marido)
Patente Tenente Comandante (1.° a 7° temporada)
Comandante (7.° temporada; filmes)
Primeira aparição "Encounter at Farpoint"
Última aparição Star Trek Nemesis
Interpretado por Marina Sirtis
Espécie Humana (lado paterno)
Betazoides (lado materno)
Afiliações Frota Estelar
Federação Unida dos Planetas

Deanna Troi é uma personagem fictícia da telessérie Star Trek: The Next Generation.[1]

Mestiça de humano (por parte de pai) e betazóide (por parte de mãe, Lwaxanna Troi), ela põe seus poderes sensoriais a serviço da Frota Estelar e da USS Enterprise, cujo capitão, Jean-Luc Picard, a tem como conselheira. No decorrer dos episódios descobre-se que Deanna e Riker foram amantes e que ainda nutrem um profundo carinho um pelo outro, o que percebe-se em diversos episódios, porém o casamento de ambos somente acontece no décimo longa metragem da franquia (Star Trek Nemesis). O personagem de Deanna é complexo pois mesmo possuindo vários problemas pessoais e uma mãe nada convencional, tem que auxiliar os outros, pois cumpre o papel de um tipo de psicóloga ou conselheira, não somente do capitão Picard, mas também de toda a tripulação. É interessante notar que até a sexta temporada, Deanna é a ínica oficial que não utiliza um uniforme padrão da frota, fato este que foi alterado quando o capitão substituto, Edward Jellico, assume o comando a bordo da Enterprise, devido ao fato de que o Capitão Picard fora raptado pelos romulanos.

Na sétima temporada, Deanna descobre que não é filha unica e que teve uma irmã morta quando pequena. Seus poderes telepáticos a salvaram muitas vezes, mas por outras, também acabaram por lhe causar alguns problemas.

A personagem Deanna Troi foi interpretada pela atriz Marina Sirtis.[1]

Referências

  1. a b «Troi, Deanna». StarTrek.com, site oficial da franquia (em inglês). S/data. Consultado em 20 de fevereiro de 2013  Verifique data em: |data= (ajuda)
Ícone de esboço Este artigo sobre Star Trek é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.