Deborah Lipstadt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Deborah Lipstadt
Nascimento 18 de março de 1947 (75 anos)
Nova Iorque
Cidadania Estados Unidos
Alma mater
Ocupação historiador modernista, historiadora, escritora, professora universitária
Prêmios
  • Carl von Ossietzky Prize (2018)
Empregador Universidade Emory
Página oficial
http://www.hdot.org/

Deborah Esther Lipstadt (Nova York, 18 de março de 1947) é uma escritora e historiadora americana. É atualmente professora de Judaísmo Moderno e Estudos sobre o Holocausto na Universidade Emory, em Atlanta.[1] Em 1994, foi indicada por Bill Clinton para a chefia do conselho do Museu Memorial do Holocausto dos Estados Unidos, onde serviu por dois mandatos.[2] Em 2021, o presidente Joe Biden a indicou como Enviada Especial dos Estados Unidos para o Escritório de Monitoramento e Combate do Antissemitismo.[3]

Obras publicadas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. "Deborah Lipstadt" - Emore University
  2. "Third Annual Bamberger Memorial Lecture with Deborah E. Lipstadt (11/22/05)" Arquivado em 4 de setembro de 2006, no Wayback Machine.. Hebrew Union College-Jewish Institute of Religion News & Publications
  3. «Emory historian Deborah Lipstadt nominated as U.S. envoy to combat and monitor antisemitism». news.emory.edu (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2021 
  4. Wikisource-logo.svg David Irving v Penguin Books and Deborah Lipstadt no Wikisource em inglês.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.