Deborah Lipstadt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Deborah Lipstadt
Nascimento 18 de março de 1947 (74 anos)
Nova Iorque
Cidadania Estados Unidos
Alma mater
Ocupação historiador modernista, historiadora, escritora, professora universitária
Empregador Universidade Emory
Página oficial
http://www.hdot.org/

Deborah Esther Lipstadt (Nova York, 18 de março de 1947) é uma escritora e historiadora americana. É atualmente professora de Judaísmo Moderno e Estudos sobre o Holocausto na Universidade Emory, em Atlanta.[1] Em 1994, foi indicada por Bill Clinton para a chefia do conselho do Museu Memorial do Holocausto dos Estados Unidos, onde serviu por dois mandatos.[2] Em 2021, o presidente Joe Biden a indicou como Enviada Especial dos Estados Unidos para o Escritório de Monitoramento e Combate do Antissemitismo.[3]

Obras publicadas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. "Deborah Lipstadt" - Emore University
  2. "Third Annual Bamberger Memorial Lecture with Deborah E. Lipstadt (11/22/05)" Arquivado em 4 de setembro de 2006, no Wayback Machine.. Hebrew Union College-Jewish Institute of Religion News & Publications
  3. «Emory historian Deborah Lipstadt nominated as U.S. envoy to combat and monitor antisemitism». news.emory.edu (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2021 
  4. Wikisource-logo.svg David Irving v Penguin Books and Deborah Lipstadt no Wikisource em inglês.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.