Decano (diplomacia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Decano, em diplomacia, é o título que se dá ao membro mais antigo ou mais velho de certas instituições, organizações, classes e etc,[1] como por exemplo o chefe de uma missão estrangeira. No judiciário brasileiro, o Supremo Tribunal Federal nomeia por decano os mais antigos ministros da casa.

Em muitos caso o Decano também atua como intermediário em assuntos conflitosos entre os membros de uma representação diplomática e o país de acolhida (impasses internacionais, por exemplo) ou entre as diversas representações diplomáticas.

O Embaixador da Nicarágua nos Estados Unidos da América Guillermo Sevilla Sacasa, que ocupou ali este posto por 36 anos, era chamado de Decano do corpo diplomático naquele país.

Ícone de esboço Este artigo sobre relações internacionais, diplomacia ou sobre um diplomata é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. «Decano». Michaelis On-Line. Consultado em 2 de julho de 2021