December Boys

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
December Boys
Os Rapazes de Dezembro (PT)
Um Verão para Toda Vida (BR)
Cartaz promocional
 Austrália
2007 •  cor •  105 min 
Direção Rod Hardy
Produção Richard Becker
Roteiro Marc Rosenberg
Elenco Daniel Radcliffe
Jack Thompson
Victoria Hill
Teresa Palmer
Género drama, romance
Distribuição Warner
Lançamento 20 de setembro de 2007 (AUS)
14 de setembro de 2007 (EUA)
2 de novembro de 2007 (Brasil)
Idioma inglês
Receita $1,175,579
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

December Boys (br: Um Verão para Toda Vida; pt: Os Rapazes de Dezembro[1]) é um filme australiano dirigido por Rod Hardy e escrito por Marc Rosenberg adaptado do livro de mesmo nome de Michael Noonan.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Baseado no clássico romance de Michael Noonan, Um Verão Para Toda Vida é a história de quatro adolescentes órfãos que crescem enclausurados em um convento católico no deserto da Austrália nos anos 1960. Cada vez mais, eles vêem crianças menores sendo adotadas por famílias adoráveis, e chegam à conclusão de que, à medida que ficam mais velhos, sua vez de serem adotados talvez nunca chegue. Quando o convento envia os meninos para uma região litorânea em um verão, finalmente eles vislumbram algo em seu horizonte.

Durante a estadia na região costeira, os garotos conhecem um jovem casal que não consegue ter filhos, e acham que eles seriam os pais perfeitos. O mais velho dos garotos, Mapa, acaba se interessando por Lucy, uma linda menina da região. Em uma competição para se tornar o melhor candidato à adoção, ele e os outros meninos, Faísca, Manteiga e Cuspe, cruelmente testam a amizade que têm entre si enquanto sentimentos de rejeição vêm à tona.

Os laços de amizade acabam superando as rivalidades, selando de uma vez por todas as fortes amarras que sempre ataram os garotos de dezembro, fazendo-os descobrir o verdadeiro sentido de amizade, famí­lia e amor.

Experiências Passadas - A História de Um Verão Para Toda Vida[editar | editar código-fonte]

Faz mais de dez anos que o produtor Richard Becker adquiriu os direitos do filme Um Verão Para Toda Vida. Becker diz que sempre gostou de histórias sobre humanidade, amizade e amor, e que ficou muito comovido com a história dos quatro meninos órfãs. “Eu acho que todos tiveram um verão inesquecível em que, repentinamente, amadureceram; em que a jornada foi especialmente intensa, quando coisas importantes aconteceram. Foi o que eu entendi dessa história e esse era o tema principal dela. Eu não fui órfã e certamente nunca vivi muitas coisas pelas quais esses meninos passaram, mas, mesmo assim, eu me identifiquei com a histórias”, ele comenta.

Em 1998, o roteirista Marc Rosenberg aderiu ao projeto e foi então que, segundo Becker, “o roteiro realmente começou a tomar forma”. Ele recorda: “Em 2000, nós já tí­nhamos um roteiro do qual me orgulhava muito e começamos a captar os recursos para filmar. Nessa época, Becker já havia pedido a Rod Hardy para dirigir o filme.”

“Achei a história mágica. Sempre me interessei por filmes sobre o crescimento pessoal de cada um, e esta história tem um olhar especial sobre isso”, diz Hardy.

Locações do filme[editar | editar código-fonte]

O filme foi filmado em locações nas Ilhas Adelaide e Kangaroo, também com cenas nos estádios da Australian Film Corporation. O diretor Rod Hardy havia trabalhado na Ilha Kangaroo há alguns anos: “Eu sabia que era um lugar especial. O roteiro pedia locações em uma enseada que fosse, ao mesmo tempo, linda e com um ar meio triste, desolado. Enseadas não são tão fáceis de encontrar e a que achamos na Ilha Kangaroo era perfeita. Ela fica justamente no lado oeste, então o sol se põe entre os pontais da ilha, o que dá um toque mágico. Também pudemos construir nossa cidade cenográfica naquele lugar. Assim, podí­amos ir para Adelaide e filmar lá, e voltar para a IlhaKangaroo sem ter que percorrer longas distâncias.”

O produtor Richard Becker diz ainda: “O sul da Austrália tem uma área litorânea atí­pica que não é muito fácil de ser encontrada, e que era perfeita para este filme. Além da Ilha Kangaroo, também filmamos em The Remarkables, em Admiral’s Arch e no Secret Valley. Então, há uma junção de locações que se misturam para constituir a enseada imaginária onde vivem nossos personagens.”

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem
Daniel Radcliffe Mapa
Lee Cormie Manteiga
Christian Byers Faísca
Drew McAlistair Cuspe
Jack Thompson Bandy McAnsh
Teresa Palmer Lucy Pinder
Sullivan Stapleton Fearless
Victoria Hill Teresa
Max Cullen Narrador / Senhor Manteiga
Kris McQuade Sra. "Skipper" McAnsh
Ralph Cotterill Shellback
Frank Gallacher Padre Scully
Paul Blackwell Watson
Judi Farr Reverenda Mãe
Carmel Johnson Irmã Beatrice
Carole-Anne Fooks Irmã Edna
Rory Walker Pai
Suzie Wilks Mãe
Michael Norman Adult Spark
Mike Welton Adult Spit
Kobe Donaldson Willie
Julian Jones Older Boy
Andy McPhee Foreman
Laura Weston Curvy Blonde
Kasey Willson Freira
Susie Struth Freira
Anna Westley Freira

Datas de lançamento[editar | editar código-fonte]

Banda sonora[editar | editar código-fonte]

  • Nobody Knows My Name, por Mitch Grainger
  • There's a Light Across the Valley, por Hans Poulsen
  • Spirit in the Sky, por Norman Greenbaun
  • Friday on My Mind, por The Easybeats
  • Gypsy Queen, por Country Radio
  • Who'll Stop the Rain, por Creedence Clearwater Revival
  • Boom Sha La La Lo, por Hans Poulsen
  • Who'll Stop the Rain, por Jen Cloher
  • Open Your Heart, por Rick Price
  • Wings of an Eagle, por Russell Morris
  • December Boys, por Peter Cincotti

Citações[editar | editar código-fonte]

Indicações e Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • Ganhou o prêmio de “Melhor Adaptação” do Awgie Award.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • O ator Freddie Highmore foi inicialmente escalado para o papel de Mapa. A sua mãe e seu agente também representam Daniel Radcliffe, que foi como o ator veio a fazer parte; Freddie teve de deixar a produção porque a sua avó ficou doente e ele não podia deixar a Inglaterra para ir filmar na Austrália.
  • Para ter certeza que ele poderia imitar o sotaque australiano para o filme, Daniel Radcliffe começou a estudar e praticar o sotaque do país seis meses antes das filmagens.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.