Ded Moroz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2016). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ded Moroz na Eslovênia.
Ded Moroz em Veliky Ustyug

Ded Moroz (em russo Дед Мороз, que significa "Avô Gelo") é um avatar do Papai Noel, secularizado na URSS sob o regime comunista. Ele existe desde 1945 em outros países da Europa Oriental no período comunista.

Ded Moroz traz presentes para as crianças, mas no Ano Novo e não no Natal (que não tem existência oficial e deixou de ser feriado na época comunista); ao contrário do Papai Noel, ele os traz não para as pessoas, mas para grupos (Pioneiros, Komsomols, Sovietes locais, comissões de trabalhadores, etc.) nos réveillons; ele também pode deixá-los ao pé da árvore do ano novo, em parques públicos. Ded Moroz é acompanhado por sua neta Snegurochka (em russo Снегурочка, que significa "pequena menina das neves" ou "fada das neves").

Sua aparência tradicional é próximo à do Papai Noel com um grande manto azul, às vezes branco ou vermelho, botas e uma longa barba. Especificamente, Ded Moroz usa uma capa arrastada, um gorro redondo de pele e valenki brancos ou botas altas (sapogi) e ornamentos de prata. Ele anda com um longo cajado que possui poderes mágicos e não conduz um trenó puxado por renas, mas uma Troika de cavalos.

Sua residência oficial na Rússia é a cidade de Veliky Ustyug. A residência do Dzied Maroz (Дзед Мароз) bielorrusso está na floresta de Białowieza e a do Moş gerila (o "Pai Dugel") moldavo, na floresta de Codru.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas