Delfim Guimarães

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Delfim Guimarães
Nome completo Delfim de Brito Monteiro Guimarães
Nascimento 4 de agosto de 1872
Porto, Portugal
Morte 6 de julho de 1933 (60 anos)
Amadora, Portugal
Nacionalidade Portugal Portuguesa
Ocupação Editor, poeta, ensaísta e bibliófilo

Delfim de Brito Monteiro Guimarães (Porto, 4 de Agosto de 1872 - Amadora, 6 de Julho de 1933) foi um poeta, ensaísta, bibliófilo e tradutor português.

Trabalhou na área comercial onde desempenhou funções de contabilista e de administrador de diversas empresas, mas ficou conhecido pela sua produção literária, nomeadamente poesia, ensaio, conto, teatro e história.

Tem colaboração em publicações periódicas, como é o caso das revistas Branco e Negro[1] (1896-1898), Ave Azul [2] (1899-1900), A Sátira [3] (1911), Atlântida[4] (1915-1920) e na Revista de turismo [5] iniciada em 1916.


Delfim Guimarães foi fundador da editora «Guimarães, Libânio e C.ª» em 1899, atualmente conhecida como Guimarães Editores.

A 17 de maio de 1919, foi agraciado com o grau de Comendador da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada.[6]

Obras[editar | editar código-fonte]

Poesias[editar | editar código-fonte]

  • Alma Dorida (1893)
  • Lisboa Negra (1893)
  • Confidências (1894)
  • Evangelho (1895)
  • A Virgem do Castelo (1901)
  • Outonaes (1903)
  • Sonho Garretiano (1908)
  • Alma Portuguesa (1914),
  • Livro do Bebé (1917)
  • Aos Soldados sem Nome (1921)
  • Asas de Portugal
  • A Paixão de Soror Mariana (1922)

Teatro[editar | editar código-fonte]

  • Aldeia na Corte (com D. João da Câmara, em 1901)
  • Juramento Sagrado (1902)

Miscelânea[editar | editar código-fonte]

  • O Rosquedo (1904) (romance)
  • Ares do Minho (1908). (contos e lendas)

Ensaios[editar | editar código-fonte]

  • Bernardim Ribeiro: O Poeta Crisfal: Subsídios para a História da literatura portuguesa (1908)
  • Theófilo Braga: A Lenda do Crisfal (1909)

Traduções[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Branco e Negro : semanario illustrado (1896-1898) [cópia digital, Hemeroteca Digital]
  2. Rita Correia (26 de Março de 2011). «Ficha histórica: Ave azul : revista de arte e critica (1899-1900)» (pdf). Hemeroteca Municipal de Lisboa. Consultado em 23 de Junho de 2014 
  3. Rita Correia (7 de fevereiro de 2011). «Ficha histórica:A Sátira. Revista humorística de caricaturas (1911)» (PDF). Hemeroteca Municipal de Lisboa. Consultado em 16 de Janeiro de 2015 
  4. Rita Correia (19 de Fevereiro de 2008). «Ficha histórica: Atlantida: mensário artístico, literário e social para Portugal e Brasil» (pdf). Hemeroteca Municipal de Lisboa. Consultado em 17 de Junho de 2014 
  5. Jorge Mangorrinha (16 de janeiro de 2012). «Ficha histórica:Revista de Turismo: publicação quinzenal de turismo, propaganda, viagens, navegação, arte e literatura (1916-1924)» (PDF). Hemeroteca Municipal de Lisboa. Consultado em 13 de Maio de 2015 
  6. «Entidades Nacionais Agraciadas com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Delfim de Brito Guimarães". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 24 de julho de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikisource
A Wikisource contém fontes primárias relacionadas com Delfim Guimarães